Header Ads

Main

Top Team consagra a melhor equipe de serviços da rede Scania










Casa Battistella de São José dos Pinhais (PR) foi a vencedora da competição, que tem como objetivo qualificar cada vez mais os profissionais das concessionárias da marca


 Ricardo Bochnia, Antonio Sergio Pereira, Marlon da Silva, Luis Fernando Londero e Alexandre Bernardino Martins são os melhores profissionais de serviços da rede Scania no Brasil. A equipe da Casa Scania Battistella de São José dos Pinhais (PR) foi a vencedora, no fim de semana, da Final Nacional Brasil da competição Top Team 2012-2013. Em junho, o time disputará com outros cinco países duas vagas que darão direito a participar da final internacional, em novembro na Suécia.

 A ação, que nasceu na Suécia em 1996, tem por objetivo qualificar e desenvolver ainda mais as habilidades dos profissionais que trabalham nas Casas Scania. O Top Team 2012-2013 teve 183 equipes inscritas, com cerca de 1.200 pessoas envolvidas. Para concorrer ao título nacional os times passaram por duas fases teóricas entre outubro e novembro de 2012, em que responderam a 100 questões do dia a dia de uma concessionária e sobre conhecimentos técnicos dos produtos da marca. Pelo regulamento, apenas as cinco melhores foram classificadas para a final, realizada no Centro de Capacitação da Scania, na fábrica de S. Bernardo do Campo (SP).

 O ranking com as cinco melhores equipes de serviços da rede Scania ficou definido com a campeã Battistella (de São José dos Pinhais – PR), seguida por Codema (Guarulhos – SP), Battistella (Cascavel – PR), Equipo (Rio de Janeiro) e Brasdiesel (Ijuí – RS).

Todos os participantes das cinco equipes finalistas 

O Top Team tem uma fórmula simples: testar as habilidades dos profissionais de serviços das Casas Scania de todo o mundo. Com isso, ganham os profissionais da rede e os nossos clientes, que receberão serviços ainda melhores nas concessionárias”, afirma Roberto Leoncini, diretor-geral da Scania do Brasil. “Nós queremos prestigiar ainda mais nossos colaboradores de serviços, pois eles são os responsáveis pela disponibilidade adequada para os transportadores garantirem a rentabilidade de seu negócio.

Para qualificar continuamente a rede por meio dessa competição, a ideia é combinar conhecimento prático e teórico com o trabalho em equipe”, diz Gustavo Córdoba, gerente executivo da Scania Academy Américas, organizadora da ação em parceria com a área de desenvolvimento da rede Scania. “A fórmula da disputa é positiva, pois motiva a equipe a estudar cada vez mais e buscar o atendimento ao cliente da forma mais completa.

A decisão

 Para definir o time vencedor do Top Team 2012-2013, a final nacional foi decidida em cinco etapas, com provas em uma estação teórica e quatro em estações práticas. Cada estação valia 50 pontos, num total possível de 250 pontos. Cada equipe teve 20 minutos para preparar sua estratégia e outros 20 minutos para resolver cada fase. Foi decisivo somar mais pontos no menor tempo. Ao todo, 12 juízes fizeram as avaliações.

 As questões teóricas contavam com temas do dia a dia da oficina e conhecimentos dos produtos Scania. Na parte dinâmica, os profissionais foram desafiados a resolver situações reais nos caminhões. O método de avaliação para a soma dos pontos levou em conta o diagnóstico, a reparação, a metodologia de trabalho escolhida, o grau de segurança executado e o tempo. O valor total da premiação chegou a R$ 100 mil.


 Prova prática


A dificuldade maior foi correr contra o tempo. Tivemos de ser eficientes e achar a melhor solução para o problema apresentado”, relata Luis Fernando Londero, pertencente ao quinteto vencedor da Casa Scania Battistella. “Nós crescemos mais ainda como profissionais e isso será refletido na qualidade do serviço ao cliente. Teremos um aumento fundamental de excelência e credibilidade.

A campeã nacional está automaticamente classificada para a próxima fase. No dia 8 de junho de 2013, no Centro de Capacitação da Scania, em S. Bernardo do Campo (SP), ela disputará com os primeiros colocados de Argentina, Dubai, Peru, Uruguai e África do Sul duas vagas pela briga do título internacional, em novembro na Suécia, na matriz da Scania. A final internacional terá 10 representantes: dois das Américas, Oriente Médio e África do Sul, dois da Oceania e seis da Europa.

Regulamento

Os profissionais das áreas de serviços das Casas Scania, com exceção dos supervisores, chefes e gerentes, puderam se inscrever no Top Team. As concessionárias tiveram a possibilidade de indicar quantos times desejassem desde que possuíssem de três a cinco membros. Também foi designado um líder/capitão. O período de inscrição foi de setembro a outubro de 2012. As duas fases teóricas e seletivas foram entre outubro e novembro. Em dezembro, a organização divulgou a lista com as 20 mais bem colocadas, mas apenas as cinco primeiras puderam disputar o título nacional.

A equipe campeã Battistella de São José dos Pinhais (PR)


Histórico

O Top Team nasceu na Suécia em 1996. Na primeira edição, participaram os cinco países nórdicos: Suécia, Noruega, Finlândia, Dinamarca e Islândia. Em 2003, a competição contou com representantes de 17 países europeus. Em 2005, o número de países subiu para 21. O ano de 2011 registrou 44 representantes e marcou a estreia do Brasil no evento, que chegou até a final internacional com a equipe da Codema (Guarulhos – SP). A atual campeã é uma equipe da Austrália.

Via Scania.

Tecnologia do Blogger.