Header Ads

Sistema de diagnósticos digitais da Auto Sueco São Paulo exige qualificação de mecatrônicos











Empresa investe na capacitação para atender à nova demanda do mercado

 Não é de hoje que a Auto Sueco São Paulo tem o suporte de equipamentos com alta tecnologia para fazer diagnósticos nos caminhões e ônibus Volvo que passam pelas oficinas da empresa. Há quase vinte anos a rede investe nessa frente para aperfeiçoar o trabalho de manutenção dos veículos. Atualmente, com o crescimento progressivo das tecnologias e recursos embarcados nos veículos, existe a necessidade de aprimorar o conhecimento de quem cuida dos novos motores. Com o objetivo de qualificar os próprios profissionais e ainda suprir uma carência de mercado, a Auto Sueco São Paulo criou o Projeto Mecatrônico.

 "O sistema eletrônico de diagnóstico VCADS (Volvo Computer Analysis Diagnostics System), que está mais moderno e com mais recursos, é capaz de diagnosticar, sinalizar falhas e auxiliar na análise de diversos componentes do motor, da transmissão, do sistema de freios, da suspensão e outros sistema eletrônicos do veículo, como pressão de injeção de combustível, espessura do disco de embreagem, compressão de cilindros, sistema de injeção de ARLA 32. O mecatrônico precisa estar totalmente familiarizado com o equipamento para fazer o melhor diagnóstico possível”, explica Marco Antonio Perrella – Coordenador Técnico de Pós Vendas da Auto Sueco São Paulo.

 Por conta de toda essa modernização, 16 colaboradores das unidades da Auto Sueco São Paulo iniciaram esta nova etapa de formação. Com uma carga horária de mais de mil horas, os mecânicos passam por uma avaliação de competências para estruturação do programa que será dividido em três partes: (i) Treinamento de nível Básico; (ii) Treinamento de nível Intermediário; (iii) Treinamento de nível Avançado.

Para cada nível, o técnico será avaliado de forma prática e teórica com uma pontuação de 0 a 10. Para continuar no programa o participante terá que obter a pontuação mínima de 70% de aproveitamento”, complementa o gerente geral de Pós-vendas, Augusto Ramos.

Os alunos enaltecem a iniciativa da empresa, que investe no conhecimento para colher resultados no futuro. “Acredito ser um dos principais projetos para as oficinas da Auto Sueco São Paulo. O fato de termos um projeto de formação de mecatrônicos nos traz uma série de benefícios que são muito importantes para um mercado tão complexo e nos dá uma base para os desafios futuros com relação às exigências do mercado”, afirma o mecânico Alexandre Souza Moreira.

Via Auto Sueco.
Tecnologia do Blogger.