Header Ads

Roubo de cargas em 2012 atingiu o maior patamar dos últimos 15 anos

















Ao todo, foram registrados 14,4 mil casos em todo o Brasil. Estado de São Paulo representa metade das incidências

 De acordo com levantamento apresentado pela assessoria de segurança da NTC&Logística (Associação Nacional dos Transportadores de Carga & Logística), o número de ocorrências de roubo de cargas no ano passado atingiu o maior resultado dos últimos 15 anos: foram 14,4 mil casos em todo o Brasil. O prejuízo por conta das incidências chegou a R$ 960 milhões.
















































Do total, o Estado de São Paulo registrou metade dos roubos e o Rio de Janeiro ficou em segundo lugar, somando um quarto das ocorrências.

A grande maioria das cargas tem como origem ou destino o Sudeste. A região concentra 83,64% das ocorrências e perdeu mais de R$ 693 milhões no ano passado”, explica o coordenador da assessoria de segurança da entidade, Coronel Paulo Roberto de Souza.

Em comparação aos resultados de 2011, houve um acréscimo de 10,8% em relação ao número de casos e aproximadamente 4% no valor da carga roubada.

Segundo a NTC&Logística, os produtos mais visados são os alimentícios, cigarros, eletroeletrônicos, farmacêuticos, metalúrgicos, químicos, têxteis e confecções, autopeças e combustíveis.

Durante a análise dos dados observamos também que 75% das ocorrências acontecem nas zonas urbanas, durante o período de coleta e entrega, e apenas 25% são registrados nas estradas”, salienta Souza.

Os números do balanço foram calculados com base nos dados informados pelas Secretarias de Segurança dos Estados, pelas empresas do mercado segurador, pelas gerenciadoras de riscos, transportadoras e outras fontes.

Texto: Victor José


Portal Transporta Brasil no Facebook.
Tecnologia do Blogger.