Header Ads

Main

1º Fórum de Mineração Lide acontece em 21 de Fevereiro.

















Mineração é o tema dos debates que serão realizados esta semana em Belo Horizonte

 A capital mineira será palco do 1º FÓRUM BRASILEIRO DE MINERAÇÃO, que acontece na próxima sexta-feira, 21 de fevereiro. Promovido pelo LIDEGrupo de Líderes Empresariais e LIDE MINAS GERAIS, o Fórum reunirá cerca de 400 líderes empresariais e as principais personalidades do setor público e privado de diversos setores de atuação. O evento será realizado na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, em Belo Horizonte (MG).

 Com a participação de Edison Lobão, ministro de Minas e Energia; Antonio Anastasia, governador de Minas Gerais; Marcio Lacerda, prefeito de Belo Horizonte, Gustavo Cesar de Oliveira, presidente do Conselho do LIDE Minas Gerais; Roberto Giannetti da Fonseca, presidente do LIDE INFRAESTRUTURA; e João Doria Jr., presidente do LIDE, o evento debaterá o desenvolvimento da mineração no Brasil. O setor, que ocupa a quarta posição no ranking mundial, vive fase de transição para um novo marco regulatório, a partir do Projeto de Lei 5807/2013 que está em tramitação no Congresso Nacional, o que mantém pendentes oportunidades de novos investimentos e pesquisa mineral.

 Leonardo Quintão, deputado federal (PMDB/MG), apresentará o primeiro painel sobre “O novo código mineral brasileiro”. O segundo palestrante será Paulo Castellari, presidente da Anglo American Minério de Ferro Brasil, que falará sobre “Fatores presentes e projeções de futuro para a mineração brasileira”. O tema “Mineração sustentável” será apresentado por Tadeu Carneiro, diretor geral da CBMM – Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração.

 David Leal, secretário de Indústria, Comércio e Mineração do Pará fará sua exposição sobre “Os Estados e o desenvolvimento da mineração”. Durante o Fórum será redigida a Carta de Minas, com o legado que o evento deixará para o setor. Luis Azevedo, advogado e geólogo e Roberto Giannetti da Fonseca serão os relatores.

 Segundo João Doria Jr., presidente do LIDE, o Fórum nasce com o objetivo de ampliar o debate e integrar as relações socioeconômicas entre organizações, entidades privadas e poder público em torno do tema. “Nosso papel é incentivar o diálogo entre os diversos setores em busca de um bem comum, principalmente para Minas Gerais”, conclui o empresário.

 O FÓRUM BRASILIERO DE MINERAÇÃO reunirá as principais autoridades, especialistas e empresários ligados ao setor mineral do país. “Será um momento ímpar para o debate do presente e futuro dessa importante atividade econômica do Brasil”, afirma Marcio Lacerda, prefeito de Belo Horizonte.

 Grandes marcas da mineração e construção, assim como os principais prestadores de serviços e produtos do setor participarão deste importante Fórum. Com o apoio de ANGLO AMERICAN, ANGLOGOLD, CASE CONSTRUCTION, CBMM, CNH, CODEMIG, GERDAU, GOVERNO DE MINAS, FIEMG, IVECO, NEW HOLAND CONSTRUCTION, SAMARCO e VALE, com colaboração de ANDRADE GUTIERREZ.

 São mídia partners a rádio ITATIAIA, os jornais HOJE EM DIA, TUDO, NOTÍCIAS DE MINERAÇÃO DO BRASIL, as revistas BRASIL MINERAL, LIDE e VIVER, e PRNEWSWIRE. CDN COMUNICAÇÃO CORPORATIVA, ECCAPLAN E TALENT são fornecedores oficiais.


SOBRE O FÓRUM
 
O FÓRUM BRASILEIRO DE MINERAÇÃO, promovido pelo LIDE – Grupo de Líderes Empresariais, debate questões, políticas públicas e o desenvolvimento de um dos mais importantes setores da economia brasileira. O FÓRUM tem como objetivo promover amplo debate sobre questões vitais ao desenvolvimento sustentável, oportunidades, gargalos e desafios das cadeias de metais ferrosos, metais não ferrosos, metais preciosos e minérios para fertilizantes, além de gerar fundamental integração nas relações socioeconômicas entre organizações, entidades privadas.

SOBRE O LIDE - Fundado em junho de 2003, o LIDE - Grupo de Líderes Empresariais é uma organização de caráter privado, que reúne empresários em nove países e quatro continentes. Atualmente tem 1.600 empresas filiadas (com as unidades nacionais e internacionais), que representam 52% do PIB privado brasileiro. O objetivo do Grupo é difundir e fortalecer os princípios éticos de governança corporativa no Brasil e no exterior, promover e incentivar as relações empresariais e sensibilizar o apoio privado para educação, sustentabilidade e programas comunitários. Para isso, são realizados inúmeros eventos ao longo do ano, promovendo a integração entre empresas, organizações, entidades privadas e representantes do poder público, por meio de debates, seminários e fóruns de negócios.
Tecnologia do Blogger.