Header Ads

Main

Argentina terá bitrenzão de 30,25 m e 75 t




















 A Argentina acaba de autorizar a circulação de bitrens de até 75 t, nove eixos e 30,25 m em corredores de circulação segura para unidades tracionadas de dois semirreboques biartuculados. É o que determina ao Decreto 574, de 22 de abril de 2014.

 As especificações deste veículo são bastante semelhantes às do bitrenzão nacional, que pode ter até 30 m de comprimento e até 74 t de peso bruto total combinado. A diferença de peso corre por conta do tandem duplo, cujo limite na Argentina é de 18 t, ou seja, uma tonelada a mais do que no Brasil.

 De acordo com este diploma legal, o objetivo da medida é ampliar a capacidade dos veículos de transporte, o que será benéfico para a atividade produtiva e permitirá ampliar a tonelagem transportada, sem afetar a infraestrutura rodoviária.

Caberá à Comissão Nacional de Trânsito e Segurança Viária, órgão da Secretaria de Transportes, estabelecer os requisitos a que devem atender as novas configurações e determinar os corredores rodoviários de circulação segura para as unidades tratoras com dois semirreboques rodoviários.


Permanecem válidas outras determinações da legislação. Entre elas, o acréscimo de 5% sobre os pesos por eixo quando se utiliza suspensão pneumática.

As tolerâncias de pesagem também não sofreram alterações. Continuam sendo de 500 kg por eixo de dois pneus (6 t); 1.000 kg por eixo isolado (10,5 t), 1.500 kg por conjunto de eixos em tandem duplo (18 t), 2.000 kg para o conjunto de eixos em tandem triplo (2.000 kg) e 500 kg para o peso bruto total ou peso bruto total combinado.

Caso o excesso ultrapasse estas margens, ao contrário do que ocorre no Brasil, a tolerância também será multada.

Tecnologia do Blogger.