Header Ads

Main

Projeto apoiado pela Noma de preservação de milhões de tartarugas recebe prêmio





 A cada ano o programa socioambiental criado pela ONG Ecovale em Rondônia quebra recorde de soltura de quelônios e já é referência na região amazônica

 A expectativa é que em poucas semanas mais de 3 milhões de tartarugas eclodam de seus ovos para serem encaminhadas às águas da Amazônia. Quem traz essa ótima notícia para a natureza é Zeca Lula, fundador e responsável pela Ecovale - Associação Comunitária Quilombola e Ecológica do Vale do Guaporé, no Estado de Rondônia. O ambientalista está em São Paulo para receber, nesta quinta-feira (11), o tradicional Prêmio Quality Brasil - concedido pela Sociedade Brasileira de Educação e Integração.


























 Zeca, falará sobre os resultados atuais deste trabalho socioambiental e da expectativa de um número recorde de soltura de tartarugas que deverá ocorrer no final deste mês. O projeto começou há mais de 15 anos e conseguiu, com apoio de empresas como a Noma e Petrobras, não somente frear a possível extinção de quelônios na região como contribuir para mudar a cultura da comunidade ribeirinha, através de um trabalho de conscientização e apoio logístico. “Este prêmio é um relevante reconhecimento por nosso esforço e incentivo para continuarmos lutando pela vida no vale do Guaporé”, comenta o quilombola, nascido na região.

 Uma das maiores ameaças ainda é a caça predatória, devido principalmente a uma questão cultural de consumo de ovos e carne do quelônio com fins místicos, nunca comprovado pela ciência, de que o homem conseguiria melhor desempenhosexual. Esta lenda, alimentada por muitos no Norte, ainda representa um constante perigo à espécie. Segundo Zeca Lula, a Ecovale monitora mais de 130 km de rios em Rondônia e na vizinha Amazônia boliviana, em uma área de difícil acesso e carente de estrutura de fiscalização.

 A Noma, uma das principais fabricantes de carretas do país, patrocina o projeto há muitos anos e compartilha com a Ecovale, a filosofia de sustentabilidade, enraizada no DNA da empresa e presente na linha Fênix, com os implementos mais leves e robustos do país. “Temos a preservação ambiental como uma das principais bandeiras da Noma que investe em desenvolvimento de novas tecnologias que contribuem para redução de emissões de gases na atmosfera. Também nos sentimos honrados de poder apoiar projetos indispensáveis, como o admiráveltrabalho realizado por Zeca Lula e seus colaboradores”, comenta Rodrigo Fernandes, gerente de marketing da empresa.

 Há pouco mais de um mês a Rede Globo exibiu uma reportagem que retrata com detalhes o projeto da Ecovale em Rondônia. É possível assistir a matéria na íntegra neste link: http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2014/11/ong-trabalha-para-proteger-tartarugas-de-cacadores-no-rio-guapore.html

Via Noma.
Tecnologia do Blogger.