Header Ads

Main

Caminhoneiros fazem protesto e bloqueiam rodovias de Mato Grosso





 Caminhões que carregavam grãos foram impedidos de passar. Protesto não tem data para terminar; governo federal não se manifestou. 

 Caminhoneiros bloquearam dois pontos da BR-364 em Campo Novo do Parecis nesta sexta-feira (13) em protesto contra a alta no preço do óleo diesel, as condições das estradas e o preço do frete. O primeiro ponto de bloqueio foi em frente ao parque de exposições e o segundo na saída do município, na rodovia em direção a Tangará da Serra.

 Os caminhões, que carregavam grãos, foram impedidos de passar também na MT-249, que liga o município a Diamantino.

 Com relação à alta do preço do óleo diesel, os caminhoneiros afirmam que impactou no preço do frete. “Está inviabilizando o frete”, diz o autônomo Fábio Lopes.

 Outra preocupação são os locais para descanso dos caminhoneiros que cortam o estado. Mas, segundo a categoria, Mato Grosso não oferece infraestrutura para isso. A lei obriga paradas a cada quatro horas ao volante.

 Com caminhões parados, um armazém do município não consegue retirar a soja dos silos. “Se demorar muitos dias, vai encher o armazém e não vamos poder fazer entregas aqui", reclama Leandro Menke, gerente do armazém.

 O bloqueio durou o dia todo e ainda pela manhã os carros de passeio e os demais caminhoneiros ficaram impedidos de seguir viagem, mas minutos depois foram liberados para seguir viagem. Segundo os manifestantes, não existe prazo para a liberação das pistas.

“O governo precisa ajudar, porque não está compensando o trabalho”, afirma Fábio Lopes.

 Os bloqueios continuam na rodovia e não tem previsão de término. O governo federal ainda não falou sobre o protesto.

Tecnologia do Blogger.