Header Ads

Main

Aos caminhoneiros, Colombo promete entrar nas negociações com o Palácio do Planalto



Matéria de Bloco De Notas por Upiara Boschi ( http://wp.clicrbs.com.br/ ) Foto: Julio Cavalheiro. 

 Durou cerca de duas horas a reunião entre o governador Raimundo Colombo (PSD) e caminhoneiros que participaram dos bloqueios na região do Concórdia. Também estavam presentes outras autoridades, a maior parte delas ligadas à região.

 O encontro chegou a ser interrompido para que os caminhoneiros pudessem se comunicar com outros manifestantes por telefone. O maior avanço prático foi a disposição de Colombo de articular uma frente com os governadores do Rio Grande do Sul e do Paraná para participar das negociações entre os manifestantes e o Palácio do Planalto.

— O Sul é a região onde o movimento está mais forte. Então, os governadores entrariam na linha de frente das negociações — afirma o deputado Neodi Saretta (PT), um dos presentes no encontro.

 A possibilidade de que o Estado diminuísse o percentual do ICMS sobre o diesel chegou a ser citada pelos caminhoneiros, mas o governo não deu nenhuma sinalização nesse sentido. Mesmo assim, o sentimento foi de que o encontro foi positivo. O governo deve manter a disposição de conversar com os caminhoneiros das regiões em que pararem os bloqueios de rodovias.

— Estamos buscando o entendimento desde o primeiro dia. Esse é um processo difuso, porque temos diferentes lideranças em diferentes regiões. Hoje recebemos um grupo com maior representatividade em Concórdia e o diálogo avançou. Vamos continuar nos empenhando, já fizemos toda a interlocução com o governo federal e vamos continuar ajudando para construir um processo de entendimento. Outros grupos estão conversando com lideranças de Brasília com o espírito de ajudar — afirmou Colombo, através da assessoria de comunicação, ao final do encontro.

 Também participaram do encontro o vice-governador Eduardo Pinho Moreira (PMDB), o secretário Moacir Sopelsa (PMDB), da Agricultura, o deputado federal Celso Maldaner (PMDB), e o prefeito de Concórdia, João Girardi (PT). A reunião começou por volta das 14h.


Tecnologia do Blogger.