Header Ads

Main

Grupo sucroalcooleiro compra 12 Trakker para o transporte de cana





 Usina Uberaba, referência na produção de cana-de-açúcar no Brasil, investe na renovação da frota de caminhões

 Entre todos os setores econômicos que demandam alternativas de transporte e logística, o segmento sucroenergético do agronegócio brasileiro é, talvez, um dos mais complexos e desenvolvidos do mundo. Além de máquinas agrícolas, os caminhões também são peças fundamentais de uma engrenagem que alimenta a incessante produção de açúcar, etanol e energia. A Usina Uberaba, uma das referências na produção de cana-de-açúcar, adquiriu, recentemente, 12 caminhões Iveco Trakker para o trabalho pesado na unidade que fica na cidade de Uberaba (MG).

 Com uma frota composta por 87 caminhões, dessa vez, o grupo escolheu os modelos Trakker Off Road 740T48T, de cabine simples, para a ampliação de seu parque de máquinas. Com 480 cavalos de potência, tração 6x4 e transmissão automática, os veículos foram equipados com Rodotrem para as atividades do transporte de cana picada e tanques de vinhaça - resíduo da destilação do caldo de cana-de-açúcar que é utilizado como fertilizante nas lavouras canavieiras.

 Wilson José Balbo Junior, gerente de Manutenção Automotiva da Usina Uberaba, comenta sobre os caminhões Iveco que a empresa adquiriu. "A ampliação e renovação da frota fazem parte do projeto de investimentos da usina. No caso dos caminhões Iveco, serão utilizados para as atividades de transporte em um raio de 40 km, e uma distância média de 20 km", relembra.

 Para Edson Teixeira, gerente da concessionária Curinga Iveco, a definição final no momento da compra levou em conta o suporte pós-vendas e o desempenho dos caminhões. "Quando analisamos a relação do consumo, que melhorou consideravelmente devido à transmissão automatizada, conquistamos mais um importante cliente”, afirma.

Linha Trakker

 Uma das estrelas entre os veículos Iveco fora de estrada, o Trakker tem força para encarar qualquer desafio, em todo tipo de terreno. Escolha ideal para os segmentos canavieiro, madeireiro, minerador e de construção pesada, a linha atende perfeitamente as composições do tipo “Romeu-e-julieta”, treminhão, bitrem, rodotrem e basculante. São dois modelos, 740T44 e 740T48, ambos na configuração 6x4.

 O chassi do Trakker é o mais forte e confiável do segmento, construído em aço especial e com maior perfil, o que garante ao veículo resistência extra. O eixo foi projetado especialmente para suportar as demandas do trabalho pesado, enquanto a suspensão e os amortecedores proporcionam um conjunto calibrado para o perfeito desempenho nos terrenos mais adversos. Tudo para oferecer mais resistência, robustez e durabilidade, com conforto em qualquer condição de operação.
Tecnologia do Blogger.