Header Ads

Main

Transporte de transformador volta a circular na Dutra, no Sul do Rio



 Veículo está na altura de Barra Mansa; velocidade máxima é de 20 km/h. Equipamento está sendo levado para Angra dos Reis, na Costa Verde.

 Voltou a circular nesta sexta-feira (27) pelo trecho da Via Dutra que corta o Sul do Rio de Janeiro a carreta com um gigantesco transformador que está sendo levado paraAngra dos Reis, na Costa Verde.



 Às 15h20, o veículo tinha passado por Barra Mansa e estava estacionado na base operacional da NovaDutra, em Volta Redonda, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A previsão dos agentes é que a viagem seja retomada na manhã de sábado (28)

 A carga, que saiu de Guarulhos (SP), rumo à uma subestação de Furnas Centrais Elétricas, pesa 527 toneladas. Ao todo, são sete metros de largura e mais de 94 de comprimento e, por isso, ocupa as duas pistas para trafegar, deixando o trânsito lento. Até a publicação desta reportagem, eram registrados 6 km de lentidão no trecho.

 Por uma questão de segurança, o transporte só pode ser feito durante o dia e com o tempo seco. A velocidade máxima que a carreta pode percorrer é de 20 km/h, mas na maior parte do percurso ela vai ainda mais devagar.

 Uma equipe de dez pessoas, entre motoristas e auxiliares, está trabalhando no transporte da carga. Homens da NovaDutra — concessionária que administra a rodovia — e dois carros batedores também seguem abrindo e fechando o caminho. Uma viatura da PRF precisa acompanhar toda a viagem.

 "Ele vai seguir pela Rodovia Presidente Dutra até depois do pedágio, pegando o arco rodoviário até Santa Cruz. Lá ele pega a Rio-Santos e vai até Angra dos Reis", explicou o policial rodoviário Sérgio Ferreira.

 Como o transporte depende das condições do clima e o trabalho de manutenção é rígido e constante, não há previsão para chegar ao litoral.

Via G1


Tecnologia do Blogger.