Header Ads

Main

Eles estão substituindo o 8x2 no chassi.








Os caminhões 8x2 no chassi se tornaram bem popular, mas será que era tão bom assim?

Atualizado em 19/12 as 23:00

 O transporte de cargas no Brasil sempre tem evoluído na questão de capacidade de carga. Novas configurações vem surgindo, algumas aparecem é muitos acham que não são legíveis perante a lei, um exemplo disso era os 8x2 no cavalo mecânico.




 Porém, uma configuração que não era novidade no Brasil, ganhou forças nos últimos anos. O 8x2 no chassi. Com PBTC de 29 tons, parecia que o 8x2 no chassi era o ideal. Bom, até agora.

 Acontece que cada vez mais estamos vendo nas estradas cavalos 4x2 com uma pequena carreta de 2 eixos separados, tecnicamente, essa configuração teria 2 pneus a mais que o 8x2 no chassi, mas o ganho é bem maior.

 Bom, para entender melhor, procuramos a TruckShop, revendedor RodoLinea e Rhodoss, que apresentou uma interessante tabela de comparativo.

























 Como podem ver, a diferença e de 34% ou 5.865 Kg. Ou seja, como na tabela fala, a cada 3 viagens com o 4x2 no implemento 2 eixos, você ganha uma viagem em um 8x2.

 É claro, que você possa estar pensando: Bom um cavalo 4x2 e bem mais caro que um 8x2 no chassi. Bom, isso é verdade, porém, muitos motoristas que fazem transporte de verduras por exemplo, eles fazem São Paulo X Belém, que não nem um pouco perto. Muitos usam caminhões que não tem cama, é claro que existem modelos com cabines maiores e camas, mas com o ganho de 5 tons a mais, você pode carregar mais variedades de cargas. Assim você consegue recuperar o investimento.

 Bom, eles estão começando a aparecer cada vez mais no cenário de transporte, se vão ficar, só o tempo vai dizer.

Texto: Érico Rafael - Editor Chefe do Midia Truck Brasil. Com auxilio de Kimio Mori - diretor de Marketing da RodoLinea e Rhodoss

Tecnologia do Blogger.