Header Ads

Main

FPT Industrial anuncia produção de motores Euro V para a Argentina



A FPT Industrial anuncia a produção de motores Euro V em sua fábrica de Córdoba, especialmente destinados para atender o mercado argentino, onde passa a vigorar a nova normativa, a partir de janeiro de 2016. Para o Brasil, a FPT produz, desde 2012, propulsores com tecnologia Euro V, comprovando a referência da FPT Industrial no fornecimento de soluções eficientes para atender às normas de emissões de acordo com as necessidades regionais.


De acordo com Marco Aurélio Rangel, presidente da FPT Industrial na América Latina, “a empresa já estava preparada para atender a norma Euro V na Argentina, pois já produz naquela unidade industrial os motores que equipam os caminhões da Iveco destinados ao mercado brasileiro, onde a norma está em vigor desde 1º de janeiro de 2012”. Na ocasião, cada um dos motores da FPT que equipam os caminhões da IVECO, foram adaptados às condições de uso em toda a América Latina e passaram por testes de 5 milhões de quilômetros, realizados sob as mais duras condições de uso. “Após todos os testes para aplicação na América Latina, os motores passaram por refinamentos de suas calibrações, específicas para missão no mercado argentino”, conclui o executivo.

“A partir da nova legislação que passará a vigorar na Argentina, alcançaremos maior simplificação na operação industrial de Córdoba, produzindo somente motores com a tecnologia Euro V”, reforça Rangel. O executivo explica que antes da normativa, a unidade Industrial vinha produzindo os motores Cursor Euro III, que eram destinados ao mercado local e a mesma família na versão Euro V, para atender o mercado brasileiro.

Outra novidade será a nacionalização do motor que vinha equipando o caminhão Cursor da Iveco, antes importado da França. Com a nova legislação, o motor Cursor 8 será substituído pelo motor Cursor 9 que passará a ser produzido na Argentina com a tecnologia Euro V.

A produção focada em Euro V também estimulou o planejamento com relação ao pós-venda na FPT Industrial. “Vamos melhorar cada vez mais o atendimento e a qualidade dos serviços de manutenção dos nossos motores na América Latina. Temos hoje um parque circulante de mais de meio milhão de motores na América Latina em todos os segmentos onde atuamos, desde os veículos comerciais até os destinados ao mercado de geração de energia. Pretendemos nos próximos anos inaugurar novos pontos de assistência e serviços FPT, inclusive na Argentina”, aponta Rangel.

A unidade industrial da FPT Industrial em Córdoba está preparada para produzir cerca de 50 mil motores ao ano, atendendo os segmentos, agrícola, construção, veículos comerciais e para geração de energia. A capacidade de produção é de 36 mil unidades da família NEF e 14 mil unidades da família Cursor.

De acordo com o executivo, a expectativa de vendas para o mercado argentino é realista para 2016. “Devido à atual situação do mercado, inclusive na Argentina, a expectativa é de comercializar cerca de 16.000 unidades no período, sendo 7.000 da Família Cursor e 9.000 da Família NEF para atender as demandas dos mercados de veículos comerciais, agrícola, de construção e de geração de energia”, prevê o presidente da FPT Industrial. “O mercado argentino está reagindo da mesma forma como o brasileiro reagiu com a entrada da nova legislação em 2012, com as vendas de caminhões Euro III em alta e, consequentemente, baixa procura pela nova tecnologia nesta primeira fase”, acrescenta Rangel.

A motorização da FPT Industrial que atende às normativas do Euro V emitem menos gases poluentes e materiais particulados na atmosfera. Para isso, a linha utiliza tecnologia SCR (Redução Catalística Seletiva, em português), com pós-tratamento de emissões com o uso do agente ARLA32 ou ARNOX na Argentina (agente redutor líquido automotivo).

Tecnologia do Blogger.