Header Ads

Main

Parceiro do Midia Truck: Ituram Rastreadores - Economize Com a 4 Dicas de Manutenção Preventiva



 Este artigo foi produzido pela equipe Ituran Rastreadores, especialmente para o Midia Truck Brasil.

 Fazer a manutenção preventiva do veículo não diminui apenas os riscos de o carro quebrar no trânsito ou na estrada, como também pode aumentar a vida útil do seu veículo e de diversas peças. De mais a mais, torna os cuidados com o carro mais econômicos e garante a segurança do motorista e dos passageiros.




 Além de evitar inúmeras dores de cabeça, a manutenção preventiva custa, em média, 30% menos do que a manutenção corretiva, segundo pesquisas do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), com base em dados fornecidos pelo GMA (Grupo de Manutenção Automotiva). Quando o proprietário do veículo entende esta economia, ele passa a cuidar melhor do carro, fazendo revisões periódicas.

 As 4 partes essenciais para uma manutenção satisfatória são: motor, pneus, suspensão e freios. Veja abaixo como checar cada uma delas.

1. Motor

 O mais importante deste item é a lubrificação. Verificar o óleo do motor e o nível de água do radiador é essencial para não correr o risco de ficar parado no meio do trânsito. A dica é sempre deixar a água no nível adequado (existe uma marcação dentro do recipiente para saber a quantidade ideal) e, quando necessário, completar esse compartimento com o motor ainda frio.

 O mesmo cuidado deve acontecer com o óleo do motor: a altura ideal é entre as marcas de “mínimo” e “máximo”, gravadas na vareta de medição. Quando necessário, complete com o óleo recomendado pelo fabricante. A viscosidade do líquido evita o atrito entre as peças, o que garante o bom funcionamento do motor.

2. Pneus

 O estado de conservação e a calibragem correta são importantes para garantir a aderência na pista e a eficiência nas frenagens. Para um desempenho seguro, o ideal é que não apresentem nenhuma anomalia ou alteração na pressão indicada pelo fabricante – sem falar na profundidade dos sulcos adequada (1,6mm), no alinhamento e no balanceamento das rodas conforme padrão original.

 Usar produtos que deixam os pneus brilhando pode provocar a deterioração mais acelerada da carcaça devido à reação da química com a borracha. Lave-os apenas com água e detergente ou sabão neutro.

3. Suspensão

 É ela que absorve o impacto do carro; em curvas e freadas bruscas, a suspensão é essencial para a segurança dos passageiros. Ela sofre desgaste natural com o uso, ainda mais se existirem muitos buracos e obstáculos nas pistas da região onde o carro é utilizado. Uma dica para a manutenção preventiva dessa peça é passar com muito cuidado por buracos e evitar freadas bruscas.

 Confira a quilometragem indicada pelo fabricante para a manutenção preventiva, alinhamento e balanceamento da suspensão. Fique atento, também, a barulhos e à eventual falta de estabilidade do veículo, pois pode ser algum problema no amortecedor, mola ou bandejas e braços.

4. Freios

 Um dos itens mais importantes do veículo, é o freio que garante a segurança e evita acidentes. Verifique regularmente o nível do fluído e o desgaste das pastilhas. Para prolongar a vida útil do sistema de freios, evite apoiar ou descansar o pé no pedal. Deixar o carro na chamada “banguela” também sobrecarrega o freio e pode causar superaquecimento, fazendo-o não funcionar como deveria.

 Conhecendo esses itens e optando pela manutenção preventiva, o mecânico pode determinar junto com você as prioridades de manutenção. Dessa forma, os custos se tornam extremamente baratos a médio e longo prazo, quando comparados aos custos de uma quebra inesperada e os transtornos que ela gera.


Tecnologia do Blogger.