Header Ads

Main

Raijan finaliza melhor temporada e projeta 2016



 A temporada 2015 da Fórmula Truck foi encerrada no último domingo, em Londrina, com a vitória de Paulo Salustiano e a conquista do título por Leandro Totti, após dez etapas e 20 corridas. Mas tem mais pilotos com motivos para comemorar, um deles é Raijan Mascarello, que concluiu sua terceira temporada na categoria dos pesados com a melhor colocação na classificação geral, um 11º lugar.

 E tem mais motivos para celebrar. Foram conquistados pontos em 16 das 20 corridas, sendo que em dez delas, Raijan Mascarello terminou no Top 10 – a melhor colocação foi um 6º lugar na etapa de Velopark -, e pela primeira vez avançou ao Top Qualifying em um treino de classificação.



 “Foi uma temporada muito boa e os números mostram isso. Claro que sempre quero mais, sempre estar mais a frente, mas nem sempre é possível. Tivemos corridas boas, com várias disputas por posição, e isso me deixa feliz, em especial por ver que pilotos mais experientes e, até com equipamentos melhores, ficaram mais para trás na classificação”, afirmou Raijan Mascarello, que contou com os apoios da Agroeste, Pontual, Hamakk, Concessionária Maxxicase e Fazendas Comil.

 A prova em Londrina também marcou a despedida de Raijan Mascarello da DF MotorSport, equipe comandada pelo experiente Djalma Fogaça. O time conseguiu um honroso terceiro lugar no campeonato de construtores, além de ter Djalma figurando no Top 5 do campeonato.

 “Tenho que agradecer muito. Primeiro ao Djalma que abriu as portas da categoria onde me sinto em casa. Ao time todo que sempre se esforçou para deixar tudo em ordem, especialmente neste último ano com um orçamento enxuto e superando um início de temporada ruim”, avaliou RAijan.

 Para a temporada de 2016, o representante do Mato Grosso estuda, ao menos, três possibilidades de se manter no automobilismo, sendo duas delas na própria Fórmula Truck e uma em categoria de carros.

 “Há propostas feitas. As respostas devem surgir até o final do ano. Vamos avaliando tudo e ver o que acontece”, concluiu.

Texto: Osires Junior
Créditos das Imagens: Rodrigo Ruiz

Tecnologia do Blogger.