Header Ads

Main

MARCOPOLO FORNECERÁ 14 ÔNIBUS PARA OS EMIRADOS ÁRABES UNIDOS




Modelo Paradiso 1200 será utilizado no transporte de funcionários em Abu Dhabi

 A Emirates Nuclear Energy Company (ENEC), dos Emirados Árabes Unidos, fechou contrato com a Marcopolo para a aquisição de 14 ônibus do modelo Paradiso 1200. Os veículos serão fabricados na unidade de Ana Rech, em Caxias do Sul, exportados e, posteriormente, utilizados no transporte de funcionário em Abu Dhabi.

 De acordo com Paulo Corso, diretor de operações comerciais da Marcopolo, o mercado árabe já foi um dos mais importantes para a empresa. “Com o aumento de competitividade do produto nacional, estamos conquistando novos clientes e resgatando os tradicionais, sobretudo no segmento rodoviário”, explica o executivo.



 As unidades do Paradiso 1200, desenvolvido para a ENEC, possuem chassi Scania K410 4x2 com duas configurações diferentes, com capacidade para transportar 38 e 44 passageiros. Os veículos são equipados com poltronas semileito com descansa-pernas e cintos de segurança de três pontos, sistemas de ar-condicionado e audiovisual com três monitores rebatíveis de 15,4”, aparelho de DVD, geladeira e isolamento especial para altas temperaturas e acústica.

 Ideal para o transporte rodoviário, o Paradiso 1200 é equipado com o sistema multiplex, que auxilia no monitoramento dos equipamentos funcionais e facilita a localização de possíveis falhas no ônibus. O salão de passageiros conta com iluminação interna indireta mais forte e uniforme, luzes de leitura em LEDs e saídas individuais de ventilação. Externamente, o Paradiso 1200 tem desenho inovador e conjunto óptico arrojado e faróis e lanternas em LED.



 A Emirates Nuclear Energy Corporation é a entidade responsável pela implantação, propriedade e operação de usinas de energia nuclear nos Emirados Árabes Unidos (EAU). Estabelecida por decreto em dezembro de 2009, pelo Sheikh Khalifa Bin Zayed Al Nahyan, presidente dos Emirados Árabes Unidos, a ENEC foi criada para atender a crescente demanda do país por energia e também para diversificar a sua oferta e proporcionar maior segurança energética.

Tecnologia do Blogger.