Header Ads

Main

Volvo desiste de lançar nova marca de caminhões no Brasil


Texto de Silas Colombo, repórter do Portal Transporta Brasil


 Motivados pela crise na indústria de caminhões pesados no Brasil, o Grupo Volvo desistiu do plano de comercializar uma nova marca de caminhões no país. A ideia era escolher entre Renault Trucks, Mack e UD para expandir sua linha com caminhões mais leves e acessíveis e balancear o portfólio da montadora que tem caminhões semipesados e pesados com preços e conteúdo tecnológico elevado.




 O projeto, no entanto, caiu por terra em 2015, quando as vendas de caminhões da companhia diminuiram 64% na comparação com o ano anterior, para 6,7 mil unidades. As exportações ainda evitaram um resultado pior, já que responderam por 30% dos negócios da empresa, com 2,8 mil unidades, volume 10% maior que o de 2014. Os negócios em outros países da América Latina evoluíram puxados pela demanda do Peru, Chile, Argentina e Colômbia. A fábrica em Curitiba (PR) abastece cerca de 30 países.

 Com isso, diante do cenário adverso, a companhia não planeja novo investimento para a operação local e vai concluir este ano apenas os aportes em curso. A montadora anunciou pacote de US$ 500 milhões em 2013 e outro de US$ 320 milhões em 2014. O montante atendeu às modernizações feitas na fábrica de Curitiba, além de ter sido aplicado na renovação da linha de caminhões.


Tecnologia do Blogger.