Publicidade

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style6[OneLeft]

Style6[OneRight]



  As fortes chuvas que atingem, principalmente, as regiões Sul e Sudeste durante os meses de verão, representam perigo e exigem atenção redobrada dos motoristas. Entre os maiores riscos que envolvem dirigir na chuva, estão a baixa aderência, visibilidade e os alagamentos.

 Dirigir em meio a uma chuva forte é algo que pode assustar até os motoristas mais experientes, mas é nessas horas que ele deve tentar manter a calma e seguir algumas regras básicas de direção na chuva. Segundo especialistas, a atenção e concentração nesses dias são essenciais para antecipar situações perigosas e manter a segurança em dias de condições adversas.


 O piloto do Campeonato Brasileiro de Marcas, Nono Figueiredo, explica que em dias de chuva é necessário diminuir a velocidade e ter certeza que todos os itens de segurança estão funcionando corretamente.

 “Se o motorista perde o controle do carro, significa que virou um passageiro e isso pode ser muito perigoso, assim devemos nos precaver para que isso não ocorra. Em primeiro lugar, o motorista deve dirigir bem abaixo da velocidade permitida e ter certeza que seu carro, pneus, freios, limpadores, estejam em perfeitas condições de uso. Muitas vezes, só percebemos que eles não estão funcionando quando enfrentamos uma chuva, por isso uma manutenção preventiva nesses itens é fundamental”, explica.

 O piloto alerta também sobre as curvas em dias de chuva. “Ao fazer uma curva nessas condições é importante reduzir a velocidade antes da curva, nunca no meio ou durante ela. Além disso, é importante aumentar seu campo de visão, isso significa conseguir enxergar um pouco mais a frente sem perder, obviamente, a atenção do que está logo a sua frente. Tudo isso para antecipar possíveis situações de perigo que possam causar a perda de controle do carro. ”


 Outro grande perigo em dias de chuva são os alagamentos. Passar por trechos alagados é arriscado, por isso o ideal é evitar rotas que apresentem problemas recorrentes de enchente. Durante ou após as chuvas, é importante buscar informações em aplicativos, internet ou pelo rádio para escolher o caminho que evite áreas de risco.

 O empresário Eduardo Muniz já levou um susto em um dia de chuva. Depois de sofrer aquaplanagem na rodovia Rio-Santos, ele redobrou a atenção em dias de pista molhada. “Sempre que dirijo com chuva, ando mais devagar e fico muito atento à possibilidade de aquaplanagem, pois se ela ocorrer, você fica totalmente entregue a sorte”, explica.

Sobre a Ituran

 A Ituran é uma multinacional israelense que atua no Brasil e em outros países, como Israel, Estados Unidos e Argentina no segmento de monitoramento e recuperação de veículos. A companhia chegou ao país em 2000 e, desde então, cresce continuamente, contando com mais de 400 mil clientes ativos atualmente. A empresa já recuperou mais de 50 mil veículos, o equivalente a um patrimônio aproximado de R$ 2,5 bilhões.


«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário


Top