Header Ads

Iveco lança revisão com preço fixo

foto por Midia Truck Brasil | Não reproduza sem autorização.

 Revisões e mão de obra para veículos terão preço em média 10% menor do que praticado no mercado

 O setor de peças da Iveco acaba de disponibilizar para seus clientes o programa de revisão com preço fixo. A nova estratégia de mercado consiste em oferecer aos motoristas que possuem veículos Stralis, Tector e Daily, uma tabela de preços para as revisões que devem ser executadas quando os veículos atingem entre 10 e 120 mil Km.



 A quilometragem varia de acordo com o modelo do veículo. Para a Daily, as revisões com preços fixos podem ser realizadas quando o veículo atingir 10, 20, 60 e 80 mil quilômetros rodados. Para os modelos Tector, 40 e 80 mil km, e, para o Stralis 40, 80 e 120 mil km.
 A montadora garante que o valor da revisão com preço fixo é em média, 10% menor do que o encontrado no mercado. “Assim, no momento da compra o cliente tem a tranquilidade de saber o quanto gastará com a manutenção Iveco”, explica Rodrigo Berto, gerente de peças da montadora.

 Sabendo que os veículos Iveco realizam inúmeras funções nas ruas e estradas do país, o novo programa contempla também os veículos semi-novos da marca, ou seja, não trata-se de apenas de um programa para veículos zero quilômetro.

 A viabilidade do programa só foi possível graças a uma parceria do setor de peças da Iveco com toda a rede de concessionárias. “Este é um programa permanente, e os valores das revisões serão revistos apenas no início de cada ano”, finaliza Berto.

Sobre Parts & Service




 Parts & Service é a unidade de negócios da CNH Industrial responsável pela estratégia comercial, marketing e distribuição logística de peças para as seis marcas do grupo: Case IH, Case Construction, New Holland Agriculture, New Holland Construction, Iveco e FPT Industrial. CNH Industrial Parts & Service reúne a experiência mundial do grupo para garantir suporte completo a toda linha de produtos vendida na América Latina. Para isso, utiliza centros de distribuição de peças localizados na Argentina, Venezuela e Brasil, sendo o de Sorocaba (SP) considerado o mais moderno centro logístico da América Latina, pois reúne equipamentos de alta tecnologia e foi construído dentro dos modernos conceitos de Green Building (Construção Verde), cuja certificação foi recebida da United States Green Building Council (USGBC).

Tecnologia do Blogger.