Publicidade

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style6[OneLeft]

Style6[OneRight]



 Uma das principais mineradoras do Centro-Oeste brasileiro, a Jofege está usando com sucesso o Dynafleet, o sistema de gerenciamento de frota da Volvo. “É uma ferramenta importante que contribui para monitorar e diminuir o consumo de combustível da frota, reduzir o desgaste dos veículos e até para fazer a gestão dos motoristas”, resume João Francisco de Souza, diretor-geral da Jofege Mineração. A empresa tem FHs 6x4 com motor de 500cv equipados com o Dynafleet desde 2013.

 Desenvolvido para aumentar a produtividade dos caminhões e a rentabilidade do transportador, o Dynafleet está fornecendo dados importantes para a frota de bitrens da Jofege. “Com ele, nós podemos trabalhar para baixar o consumo por meio da otimização das rotas e também na melhoria da performance dos motoristas, com treinamentos contínuos. E ainda controlamos melhor a manutenção do veículo”, explica Souza.



 “O diesel é o item de maior impacto na planilha de custos do transportador brasileiro. Qualquer redução no consumo representa um grande benefício para o transporte”, complementa Bernardo Fedalto, diretor comercial de caminhões Volvo no Brasil. Com o sistema, é possível monitorar o consumo de toda a frota por caminhão, individualmente, conhecendo assim o desempenho por motorista.

 O Dynafleet também está sendo útil na Jofege para checar o nível de combustível no tanque e o de Arla 32, o aditivo para os motores atuais. “Sabendo de antemão e em tempo real a quantidade de diesel existente, podemos nos antecipar e indicar qual o melhor ponto para o reabastecimento e garantir que o veículo pare o mínimo de tempo possível e cumpra com mais eficiência a entrega da carga”, afirma Flávio Miguel, que atua no controle da frota da empresa em Goianésia, cidade a 170 quilômetros de Goiás, e onde está localizada uma das operações da Jofege no Brasil.


 Os veículos da Jofege carregam calcário proveniente das minerações localizadas no Vale do São Patrício, região central de Goiás e levam a carga em viagens de cerca de 800 quilômetros para os clientes no Interior do Estado, a maioria produtores rurais que usam o produto para fazer correção de solo nas lavouras. “Com este recurso, é possível verificar os dados operacionais do veículo e a performance do motorista, tudo remotamente, por meio de um computador conectado na internet. É possível gerar relatórios que ajudam no gerenciamento da frota e dos condutores, tomando as melhores decisões, de forma mais ágil e rápida”, diz o diretor-geral.



Agilidade

  A flexibilidade de acesso aos dados dos veículos dá muita agilidade para quem administra a frotas com o Dynafleet. Os administradores ou proprietários de caminhões não precisam estar no escritório para checar os dados. Podem fazer isso de qualquer lugar. O usuário pode ver as informações do caminhão num computador de mesa, laptop ou até mesmo num tablet ou celular. “O Dynafleet e o FH nos dão a segurança de horas disponíveis para o transporte das cargas”, conclui Souza.

 Os caminhões Volvo são equipados com um módulo eletrônico e uma antena, que transmitem os dados do veículo via rede de telefonia GSM/GPRS para o portal Dynafleet. O sistema pode ser acessado de qualquer computador ligado à internet, ou até mesmo ser integrado a um sistema administrativo de gestão já utilizado pelo transportador.


Vídeo

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário


Top