Publicidade

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style6[OneLeft]

Style6[OneRight]



 A nova geração de caminhões Scania trouxe várias novidades referente ao design, conforto e trem de força, entre elas o motor de 500 cavalos de 13 litros em linha (Euro6).

Texto de Érico Pimenta. Editor-Chefe do Midia Truck Brasil.

  Apresentado no dia 23 de agosto, a nova geração de caminhões da montadora sueca Scania já está dando o que falar, e quanto mais se ler sobre ela nos portais de notícias pelo mundo, vemos que o modelo está repleto de novidades e tecnologia. 



 Uma das novidades para a nova linha é o novo motor de 13 litros em linha de 500 cavalos; potência que pode chamar bastante atenção, já que antigamente, para ter um equipamento Scania com uma cavalaria superior a 500 cavalos, você teria que optar por um motor V8, até agora.

 O novo motor de 13 litros conta com 6 cilindros em linha é utiliza exclusivamente o SCR para o tratamento posterior dos gases de escape, a fim de cumprir com a norma Euro6.

 "Os nossos motores em linha de 13 litros funcionam maravilhosamente, bastando apenas o SCR e um robusto turbo compressor com uma geometria fixa”, afirma Björn Westman, responsável pelo desenvolvimento de motores da Scania. "Graças a esta incorporação oferecemos, do ponto de vista da energia, um conceito que atrai um grande número de clientes numa ampla Variedade de aplicações".


Nova geração de caminhões Scania conta com basculamento da cabine por controle.
















 Entre as alterações introduzidas conta-se uma renovação da câmara de combustão e novos injetores, que conseguem uma economia de 0,2-0,5%. Por outro lado, a temperatura de funcionamento, geralmente superior, e o controle da temperatura do óleo através de um termostato, contribuem para que a poupança seja ainda maior, a par do facto de os ventiladores de refrigeração (que em alguns casos têm um diâmetro maior) agora serem acionados diretamente, sem uma mudança de velocidades de elevado consumo energético. Isto pode contribuir para obter uma economia de até 1%, já que o óleo se mantém a uma temperatura ótima, inclusive com baixa demanda de potência e temperaturas exteriores baixas.



"Além das alterações no motor, os clientes podem esperar outras poupanças adicionais", afirma Björn Fahlström, vice-presidente de gestão de produto da Scania Trucks. "Deu-se muita atenção a aspetos como a aerodinâmica e o controle de motor inteligente. Em comparação com o Scania Streamline, os nossos camiões de longo curso extremamente eficazes com motores Euro 6, a redução ronda os 5%, sendo o resto igual. Para um camião de longo curso característico, que faz 150.000 km por ano, isto significa uma redução de 2000 litros de diesel e custos de combustível consideravelmente mais baixos".

Confira como ficará os novos motores. 






 A nova geração de caminhões será oferecida junto com a atual (Streamline). Quanto ao Brasil o modelo ainda não tem uma data para ser lançada, porém, vale lembrar que alguns modelos rodavam em testes por aqui. Talvez isso indique que podemos sonhar com o modelo aqui no Brasil ainda em 2016. 



«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário


Top