Header Ads

Main

Um sucesso chamado FH 540.



 Modelo da Volvo, o FH 540 se consagra como o único modelo acima de 500 cavalos com grande participação de mercado.

Texto de Érico Pimenta. Editor-Chefe do Midia Truck Brasil.

 Quando falamos sobre a Volvo Caminhões, você pode-se lembrar de vários modelos saudosos da montadora no Brasil como por exemplo a primeira geração do modelo FH, ou os “bicudos” NL, XH e NH, porém, hoje vamos chamar a sua atenção para o modelo de 540 cavalos.

 O FH 540 foi apresentado em 2011, junto com a nova tecnologia Proconve 7/Euro 5 que entrava em vigor em 2012, e naquela época ele era o caminhão mais potente produzido no Brasil. 



 O modelo já começava a se destacar mesmo no seu ano de lançamento, é claro que além do poderoso motor de 540 cavalos de 13 litros, o caminhão contava com a caixa automatizada I-Shift, no qual se segue como a melhor caixa automatizada do mercado.

 Para entendermos melhor o sucesso desse modelo, basta olhar os relatórios de emplacamentos da Fenabrave, que em 2012 aponta que o FH 540 vendeu 1.642 unidades de janeiro até dezembro, o que fez o modelo ficar em 3º lugar na categoria pesados com 9,13% de participação de mercado. Mas para tentar deixar mais claro ainda, o Midia Truck Brasil procurou a Volvo Caminhões do Brasil é no qual fomos recebidos por Alvaro Menoncin - Gerente de engenharia de vendas da Volvo. 

Volvo FH 540 apresentado em 2011 com tecnologia Euro5. Foto comunicação Volvo Brasil.


 Questionei sobre o sucesso do modelo, já que o relatório da Fenabrave, mostra que o Volvo FH 540 é o segundo modelo da categoria “pesado” mais vendido da Volvo no Brasil. Qual seria o motivo que o modelo tem bastante demanda no país?

 Alvaro responde: O sucesso do FH 540 deve-se ao seu excelente desempenho nas estradas trazendo maior lucratividade. Como as composições estão cada vez mais migrando para veículos de elevada capacidade de carga, tais como os rodotrens, torna-se mandatório veículos que tragam maior velocidade média no transporte. Como isto o FH 540 torna-se imbatível neste transporte.

 O transportador sabe fazer as contas, e nós oferecemos o caminhão com o melhor performance/produtividade do mercado: menor consumo de combustível, alta disponibilidade, possui o freio motor mais potente do mercado, é seguro, confortável e ainda é um caminhão conectado. São itens que oferecem maior rentabilidade para os nossos clientes. 



 Aproveitando a oportunidade, perguntei quais são os planos para o modelo em 2017, quais são os planos da Volvo para o FH 540? Podemos esperar que a nova caixa I-Shift com sistema de dupla embreagem chegue ao modelo assim como e oferecido para o 540 na Europa ou por enquanto, a Volvo focará na venda e melhorias da sexta geração da caixa I-Shift?

 Alvaro Menoncin explica: Já começamos a comercializar no Brasil a sexta geração da caixa I-Shit, bem como da caixa I-Shift com marchas super reduzidas, e conforme o esperado tem sido um grande sucesso de vendas. Esta nova caixa reduz em até 3% o consumo de combustível da linha F em relação à geração anterior. Continuaremos sim fortalecendo as vendas do 540.

 A caixa I-Shift é um produto consolidado no mercado. Hoje, 99% dos caminhões da Linha F saem da linha equipados com a I-Shift.

 Temos o compromisso de trazer para o Brasil o que há de mais avançado em tecnologia de transporte. E sim, estamos avaliando o melhor momento para trazer a dual clouch, ou dupla embreagem, para o mercado brasileiro.

 Aproveitando o embalo da conversa e o tema I-Shift, entramos na recente marca de 50 mil unidades fabricadas no Brasil e 100 mil nos EUA do I-Shift. Como que é foi o processo para fazer o I-Shift ter esse grande sucesso em dois grandes mercados que porém são bem distintos um do outro?

 Alvaro Menoncin: A Volvo tem uma história de pioneirismo no transporte de cargas. Trouxemos ao Brazil várias tecnologias que mudaram o transporte de cargas do país, e a caixa I-shift é uma delas. No início, tivemos que trabalhar muito para demonstrar os benefícios da I-Shift para os transportadores. Hoje, o alto índice de caixas i-Shift equipando nossos caminhões mostram que estávamos certos.

O Sucesso em números.

 O Volvo FH 540 já vendeu no Brasil de Janeiro de 2012 até o último mês de novembro de 2016, incríveis 17.691 unidades já a caixa I-Shift já emplacou mais de 50 mil unidades vendidas, e hoje como já mencionado pelo Alvaro Menoncin, a caixa automatizada equipa 99% dos caminhões da linha F, ou seja FH, FM e FMX.

 Confira abaixo o número de unidades vendidas por ano. (Dados do Relatório da Fenabrave.)

2012- 1.642 unidades vendidas e 9,13% de participação de mercado.
2013- 8.908 unidades vendidas e 11,10% de participação de mercado.
2014- 4.159 unidades vendidas e 18,74% de participação de mercado.
2015- 1.627 unidades vendidas e 14,53% de participação de mercado.
2016- 1.355 unidades vendidas e 9,40% de participação de mercado. (Janeiro a novembro)

Para 2017.

 Em 2017, a Volvo Caminhões do Brasil vai comemorar 40 anos de atividades, e Alvaro Menoncin menciona que novidades serão apresentadas durante o ano de 2017. Além disso, a Volvo mundial irá comemorar 90 anos de fundação da marca.



Tecnologia do Blogger.