Header Ads

Main

70% dos caminhoneiros barrados no exame toxicológico usam cocaína.


Reportagem veiculada no Jornal da Band aponta tal resultado.

Texto de Érico Pimenta. Editor-Chefe do Midia Truck Brasil.

 O Exame toxicológico e uma das novelas que o caminhoneiro tem acompanhado ao longo do último ano. Muitos caminhoneiros são a favor do exame, deste que o mesmo seja custeado pela empresa na qual trabalha ou que o exame seja gratuito, já que por ter um preço elevado, acaba se tornando mais uma conta para o caminhoneiro que já vive em uma situação precária. 



  Em uma reportagem veiculada no Jornal da Band no último dia 09/02, a tal reportagem mostra que 70% dos caminhoneiros que foram flagrados no exame toxicológico foi devido ao uso da cocaína. Segundo Manoel Lima Júnior, Diretor do sindicato de empresas de transporte, os motoristas usam devido ao fato de quererem faturar mais, com isso eles não seguem as leis e acabam usando drogas para ficarem acordados.

  Ainda segundo reportagem, deste que o exame foi implementado o número de acidentes envolvendo caiu 26% entre março a dezembro. A PRF que participa da reportagem agrega a redução no número de acidentes também a lei dos faróis acessos e aumento do valor da multa. 



 Por mais que esses fatos podem ter contribuído, vale lembrar que o número de caminhões rodando pelas rodovias são menores devido à crise do setor de transporte, onde muitas empresas têm de 50% a 80% da sua frota parada.

 O Exame toxicológico também e obrigatório para as categorias C e D, além da E. Confira a reportagem do jornal da Band em vídeo no link: http://noticias.band.uol.com.br/jornaldorio/quadro.asp?idS=&id=16135888&t=cocaina-e-a-droga-mais-utilizada-por-caminhoneiros



Tecnologia do Blogger.