Volvo entrega VM 270 para o ganhador da campanha “Pegando a Estrada com o Consórcio Volvo"


José Cardoso Neto levou para casa um VM 270 zero km.

Texto de Érico Pimenta. Editor-Chefe do Midia Truck Brasil.

 A Volvo Caminhões entrou o Volvo VM 270 6x2 para José Cardoso Neto, que foi o vencedor da campanha “Pegando a Estrada com o Consórcio Volvo”. A campanha foi iniciada em fevereiro de 2016 e terminou no último mês de janeiro de 2017.  



 A promoção foi feita pela Volvo Financial Services Brasil (VFS) e o sorteio foi realizado no dia 8 de fevereiro. Ao final da promoção, o cliente vencedor da promoção poderia escolher o prêmio que desejasse entre três opções:

Volvo VM 270cv 6x2,
Chassi de ônibus B340R 4x2,
Miniescavadeira sobre esteiras Volvo ECR88 Plus,

 “Estamos muito felizes com este prêmio. E nos surpreende a qualidade dos caminhões Volvo. O solo em que trabalhamos é difícil, pegamos asfalto, terra de chão batido, mas sempre podemos contar com os veículos da marca”, declara Cardoso Neto. “Queremos, assim que possível, investir em novas cotas”, diz.



“Este prêmio é a coroação de um relacionamento de longa data entre a VFS e a Agricana. Quando o crédito era escasso, encontramos no Banco Volvo a confiança que precisávamos em momentos difíceis”, complementa Cláudio Centinari, também sócio proprietário da Agricana. “O consórcio é uma excelente opção. Quando começamos a adquirir cotas, fomos sorteados já no começo, o que trouxe um fôlego diferente para nossa empresa com a disponibilização do bem”, destaca.

 A Agricana Cultivo de Cana Ltda. tem pouco mais de 10 anos e atualmente emprega cerca de 150 pessoas no cultivo e beneficiamento de cana-de-açúcar, um segmento com grande peso na economia do interior paulista e um dos mais importantes do agronegócio brasileiro. A empresa tem hoje 11 cotas de consórcio.


Postagens mais visitadas deste blog

Nova Scania S 8x8 é flagrada com motor acima de 730 cavalos.

Caminhões de controle remoto, como posso ter o meu?

Alta potência e cargas leves. Ostentação, desperdício ou uso inteligente?