Header Ads

Main

DAF celebra 89 anos de história.


 Originaria da Holanda, a montadora segue como uma das líderes do mercado europeu de caminhões com 15,5% de marketshare.  

Texto de Érico Pimenta. Editor-Chefe do Midia Truck Brasil.

 A montadora de caminhões DAF, já é bem familiar para nos brasileiros, isso devido a sua produção no Brasil que começou em 2013. Porém empresa em si comemora em 2017, 89 anos deste a sua fundação.

 1949 o primeiro caminhão.

 O mundo em si se recuperava da segunda guerra mundial, que acabara em 1945, com isso a indústria estava se recuperando e voltando ao ritmo é economia compatível para a época. Em 1949 por exemplo, começou a produção das pilhas alcalina. Já no cenário político, em 1949 era então criada a República Popular da China e a República Federal da Alemanha, mas voltando ao foco de caminhões, em 1949 foi produzido o primeiro caminhão da DAF. 



 O primeiro modelo havia sido construído na oficina de trailers dos irmãos Hub e Wim Van Doorne. O primeiro modelo foi batizado de A-30, tinha capacidade para 3 toneladas, em seguida foi construído um segundo modelo, este batizado de A-50 que tinha capacidade para 5 toneladas.

DAF A-50. Modelo já carregava um visual único, no qual e visto até hoje nos atuais modelos. 

 Logo depois de apresentar os dois modelos, a DAF em si montou a sua fábrica, com uma linha de produção para a montagem de seus caminhões, iniciando assim a sua história com caminhões, já que de 1928 até 1948, os irmãos Hub e Wim Van Doorne usavam o nome “Van Doorme´s Aanhangwagen Fabriek” o que em 1948 mudou para DAF.

 A linha de produção iniciou-se em 1950 e tinha capacidade para produzir entre 10 a 12 caminhões por semana, um ritmo alto para uma época onde não se tinha tanta tecnologia e ferramentas para produzir os caminhões em larga escala como é feito hoje em dia.


Linha de produção da DAF em 1950. 
O rápido sucesso.

 A DAF teve um sucesso bem rápido, em 1955 por exemplo, 5 anos após o início da abertura da linha de produção, a empresa comemorava a entrega do chassi de número 10 mil. O evento comemorativo aconteceu em 3 de maio de 1955 e contou com a presença dos então 2.500 funcionários que trabalhavam na fábrica. Naquele mesmo ano de 1955, a DAF também apresentou as series: 1100, 1300 e 1500. Já em 1957 era inaugurada a fábrica de motores. 



1957 a 1959, os 3 anos de avanços contínuos.

 Até este ponto, podemos notar que a DAF teve grandes e rápidos avanços, porém entre 57 e 59 a empresa fez uma série de lançamentos e melhoria em seus produtos. Além da fábrica de motores como já mencionamos, em 1957 ela apresentou a série 2000 que era equipado com motor de 11,1 litros e tinha capacidade de tracionar 10 toneladas. Ainda em 57 a montadora apresentou um modelo bicudo que atendia uma demanda por modelos do tipo em sua época. Os modelos bicudos eram chamados de A-12 e A-15.

 Em 1958 os irmãos Van Doorme realizam um grande sonho e produzem o seu primeiro carro. Sim a DAF produziu um carro. O modelo era um compacto que tinha um desenho agradável, que havia sido desenhado por Johan Van Der Brugghen. O modelo batizado de DAF 600 foi apresentado na Amsterdam Motor Show de 1958 e entrou em produção em 1959 e ficou até 1963.

Vídeo sobre a abertura da linha de montagem do DAF 600.



 Também em 1958 a DAF iniciou a produção de eixos. Já no ano seguinte, 1959 ela apresentou o primeiro motor DAF Turbo, o DS575. O motor era de 5.75 litros e tinha a potência de 165 cavalos. Com os novos motores, as series 1100, 1300 e 1500 ganharam uma nova cara, o facelift foi tanto no interior como no exterior.
  
 Com o facefilt, um novo modelo foi apresentado, o 1600 é também a série 1800 que era equipada com o motor DS575.

Os anos 60, mudanças profundas e mais um marco.

   A DAF iniciava os anos 60 apresentando diversos modelos novos. Em 61 foi o AS 2000, já em 62 a série 2600. Em 63 ela apresenta o seu primeiro modelo 6x4, o AT 1900. Um ano após apresentar o seu primeiro modelo 6x4 a DAF comemora a produção de 50 mil chassis.

 Virando o ano de 1964 para 1965, a montadora apresentava um modelo 6x6, destinado a operações pesadas. A empresa também apresentou o A-18, que era uma evolução do modelo bicudo A-15. No mesmo ano era apresentada a série 2400 DP.

 1965 também marca a aposentadoria de Hub Van Doorne, que se aposentou como Presidente do conselho administrativo. Já em 1971 Wim Van Doorne também se retira da DAF.

O primeiro motor com sistema de intercooler. 




 1973, o setor de transporte deu um olhar mais atento a DAF, ela apresentava o primeiro motor para caminhão com sistema de intercooler. O motor batizado de DKS 1160 era um 11.6 litros e tinha incríveis 310 cavalos de força.
DAF 50 Anos e a morte dos irmãos Van Doorne.

 1978, marcou como a celebração dos 50 de fundação da marca, (1928 – 1978) já que se conta deste a fundação da oficina dos irmãos Van Doorne. No mesmo ano a DAF apresenta uma versão 8x4 para a série 2800.

 O Ano também ficou marcado com o falecimento de Wim Van Doorne. Nascido em 19 de julho de 1906, Wim Van faleceu no dia 3 de maio aos 71 anos de idade. Seu falecimento ocorreu 1 mês depois das celebrações de 50 da DAF.

 Curiosidade ou destino, você escolhe, Hub Van Doorne, irmão mais velho de Wim Van faleceu em 1979 também no mês de maio. Hub faleceu no dia 23 de maio aos 79 anos de idade.

Chega os anos 80.

 Sem perder o folego, a DAF entra nos anos 80 comemorando a produção de 250 mil caminhões, que ocorreu em 84. Também em 84 a DAF abriu sua planta/cabine para pintura das cabines DAF, Já no ano seguinte, em 85 a DAF venceu o Rally Dakar com o pilo Jan de Rooy, no mesmo ano apresenta a cabine Space Cab e a série ATi. Em 87 vence novamente o Rally Dakar, apresenta a série 95 é em 1988 ganha o International Truck Of The Year.

Os saudosos anos 90, DAF avança.

 Considerada uma era de inovações tecnológicas, como a chegada dos estranhos, grandes e pesados telefones móveis sem fio, ou celulares, a DAF investiu em novas tecnologias para época, afim de compor a sua linha. No início dos anos 90 ela apresentou a série 2700, 2900 e 3200 ATi. Ainda no mesmo ano, a montadora apresentou também a série 95 Euromaster. Dois anos depois, a série 95 recebeu mudanças em seu visual. 

 Em 1994 a DAF lançou a primeira geração da cabine Super Space Cab. Esse tipo de cabine era essencial para conquistar novos mercado, já que era uma tendência que se seguia no mercado na época. No ano de 1996 a americana PACCAR adquiriu as ações da DAF.  

 Em 97 ela apresentou a evolução da série 95, chamada de XF, a nova série era equipada com o motor XF que possuía 4 válvulas por cilindro. O novo motor de 12.6 litros, produzia 480 cavalos.

 Após a renovação da linha 95XF, a montadora apresentava a linha CF que era composta pelos modelos 65CF, 75CF e 85CF.

  Fechando os anos 90 com chave de ouro, a empresa celebra 500 mil veículos 
comercializados.

Anos 2000, o novo milênio.

 Em setembro de 2000, a DAF lançou a nova série CF e também os novos motores PE. Já em 2001 a empresa anuncia uma linha de veículos para aplicações urbanas, a série LF. 2002 marca o sucesso da série LF ao receber o prêmio International Truck OF The Year.  No ano seguinte a empresa comemora o seu 75º aniversario.

 Pulando para 2005, A DAF apresenta o novo XF com a cabine Super Space Cab renovada, já em 2006 a empresa apresentou os motores PR e MX, o novo XF recebeu o prêmio International Truck Of The Year.

 2007 marca a produção do veículo de número 750.000 mil. Em 2008 a DAF anuncia o seu Test Center.

 Passando para 2010, a DAF demostra a versão Híbrida do LF e os novos motores PACCAR MX além dos veículos para aplicação severa com 4 eixos. Já em 2011 o motor PACCAR MX foi renovado com novas tecnologia, que deixou o motor mais potente com melhor economia e menos poluente. Ainda no ano de 2011 a empresa comemorou a produção de 2 milhões de eixos, 100,000 mil LF produzidos e ainda lançou a série CF85/XF 105 Ate. 2012 a DAF entrou na era Euro6 com novos motores e a sua renovada linha de caminhões.

 O ano de 2013 conta como importantes passos na história da montadora. Iniciou a sua produção de caminhões no Brasil, na qual tem obtido sucesso e bons números de vendas, além de ter um produto elogiado por jornalistas e caminhoneiros, além de estar cada vez mais fazendo parte de frotas de grandes empresas de transporte no Brasil. Em 2013 também a empresa anuncia uma linha OFF ROAD para o LF e CF.  Já no ano seguinte, 2014 ela apresenta o LF Aerobody, um LF com conceitos de aerodinâmica aplicados para tornar o modelo mais eficiente. Também em 2014 a montadora celebra a fabricação de 1,000,000 milhão de cabines e em 2015 abriu a nova planta para a pintura de cabines.

 A história da DAF e repleta de marcos e avanços, no Brasil a montadora entra em seu quarto ano de produção e apresentará novidades na Fenatran 2017. O que podemos esperar da DAF para o futuro? Vendo sua história, podemos esperar inovações e produtos cada vez melhores tanto na Europa quanto para o mercado brasileiro.  



Tecnologia do Blogger.