Publicidade

Slider[Style1]

Style2

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style4

Style5

Style6[OneLeft]

Style6[OneRight]



 A Volvo Construction Equipment apresentou recentemente o EX2, um protótipo de escavadeira compacta totalmente elétrica. A máquina tem nível de ruído dez vezes menor que o modelo convencional, com zero de emissões de gases poluentes e ainda um custo total de propriedade reduzido.


 A Volvo define a eletromobilidade como sendo “veículos comerciais e máquinas que façam uso de motores elétricos para propulsão ou execução de sua finalidade principal”. Para tornar o protótipo EX2 totalmente elétrico, o motor a combustão foi substituído por duas baterias de íons de lítio, totalizando 38 KWh, com capacidade para armazenar energia elétrica suficiente para trabalhar oito horas em uma aplicação intensa, como escavação em solo compactado.

 A arquitetura hidráulica também foi substituída por uma outra elétrica, que inclui acionadores eletromecânicos lineares que ajudam a otimizar a cadeia de transmissão. A retirada do sistema hidráulico e do motor a combustão, bem como a redução das necessidades em resfriamento, levou a níveis de ruído significativamente mais baixos. A EX2 é um projeto de pesquisa e ainda não existem planos para sua produção em escala industrial.


“Em linha com a visão do Grupo Volvo de ser o fornecedor de soluções de transporte mais desejado e bem-sucedido no mundo, a Volvo CE está comprometida em contribuir para o desenvolvimento sustentável”, afirma Thomas Bitter, vice-presidente executivo de marketing e carteira de produtos. “Estamos desenvolvendo tecnologias conectadas com a eletromobilidade, máquinas inteligentes e soluções completas para canteiros de obras. Elas proporcionarão benefícios para nossos clientes e para o meio ambiente ao contribuir para aumentar a eficiência em desempenho, produtividade, segurança e sustentabilidade de nossas máquinas. Nossos futuros produtos e serviços desempenharão um papel importante na construção de uma sociedade sustentável”, diz.

 A EX2 resultou do projeto de pesquisa anterior da empresa, o ELEXC, parcialmente financiado pelo governo e várias entidades financiadoras da França. A Volvo CE trabalhou com uma equipe de seis empresas parceiras que contribuíram para o projeto de 7 milhões de euros. O trabalho no ELEXC começou em 2012 e terminou em 2015. Desde então, a Volvo CE vem trabalhando em outros projetos de pesquisa conectados com o EX2, como testes de durabilidade.



 “A eletrificação de equipamentos de construção gerará máquinas mais limpas, mais silenciosas e mais eficientes – o que representa o futuro de nossa indústria”, destaca Ahcène Nedjimi, engenheiro chefe de sistemas elétricos e eletrônicos e líder do projeto EX2. “A EX2 é uma máquina revolucionária. Ela pode ser facilmente utilizada em áreas densamente habitadas sem perturbar as pessoas, mesmo à noite. A eficiência 10 vezes maior e sistemas livres de manutenção podem vir a significar uma redução importante nos custos operacionais e custo total de propriedade. A máquina protótipo gera a mesma potência e força que a equivalente convencional, além de alcançar velocidades maiores em movimentos combinados.


«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário


Top