Header Ads

Main

Comissão Europeia multa a Scania em 880 milhões por formação de cartel



 Formação de cartel envolve as principais fabricantes de caminhões.

Texto de Érico Pimenta. Editor-Chefe do Midia Truck Brasil.

 A comissão de concorrência da União Europeia estava investigando uma formação de cartel realizada pelas principais montadoras de caminhões na Europa, as montadoras investigadas foram: DAF, Daimler, Iveco, MAN, Scania e Volvo-Renault. O caso não é novo, como mostrou o Blog Caminhões e Carretas, o caso já tinha sido noticiado no The Wall Street Journal em 2014, mas, porém, na época, os nomes das montadoras suspeitam não foi divulgado. 



 Em 19 de julho de 2016, a União Europeia havia anunciado o valor das multas as fabricantes que haviam admitido o cartel. Na época, o valor total chegou a 2,93 bilhões de euros, na época a Daimler recebeu a maior multa, que foi cerca de 1 bilhão de euros, seguida pela DAF com 753 milhões de euros, a Volvo recebeu no valor de 670 milhões de euros e a Iveco em torno de 500 milhões de euros. A MAN não foi multada porque basicamente ela que revelou à União Europeia todo o esquema.

 Mas agora em 2017, a Comissão Europeia impôs uma multa a Scania no valor de 880 milhões de euros porque a Scania se recusou a cooperar com as investigações. Segundo a comissária da UE (União Europeia), Margrethe Vestager, a investigação já foi concluída. “Este cartel de longo prazo teve consequências para um grande número de transportadores rodoviários, porque a Scania e as outras empresas produziram em conjunto mais de nove dos dez caminhões médios e pesados da Europa. Estes caminhões carregam três quartos de todos os bens sobre o país pela Europa. Em vez de trabalhar em conjunto sobre os preços, eles tinham que competir em si”.



 A Scania por meio de um porta voz declarou que não concorda com a decisão da União Europeia. “Nós abrimos todos os livros e registros. No entanto, não concordamos com a opinião do comitê de que participamos de um cartel. Estamos investigando as possibilidades de entrar com uma ação conta a multa”.


Tecnologia do Blogger.