Header Ads

Main

Vídeo: Volvo apresenta novos FH e FM LNG



 O Volvo FH 460 LNG se torna o caminhão mais potente movido a LNG (gás natural liquefeito)

 Release da Volvo Trucks traduzido e adaptado por Érico Pimenta. Editor-Chefe do Midia Truck Brasil.


 A Volvo Trucks apresenta os novos Volvo FH e FM LNG. Visualmente os modelos não tem novidades, porém a novidade maior estar em seu combustível. Os dois novos modelos são a (LNG) sigla para Gás Natural Liquefeito e também podem operar com biogás. Os novos modelos seguem as normas Euro6. Segundo a Volvo, os dois novos modelos podem cortar as emissões de CO2 de 20% a 100%.  



"Nós consideramos o LNG, o gás natural liquefeito, como uma alternativa a longo prazo como primeira escolha ao substituir o diesel, para operações regionais e de longas distancias, onde a eficiência do caminhão, a carga e a produtividade do combustível são cruciais. Com uma proporção maior de biogás, o impacto climático pode ser reduzido muito mais. Para operações de transporte em ambientes urbanos, onde o alcance não é tão crítico ou grande, veículos eletrificados (ou modelos elétricos) desempenharão um papel maior no futuro. Nossa visão é que os caminhões da Volvo acabarão por ter emissões zero, embora a maneira de conseguir isso não seja por uma única solução, mas através de várias soluções em paralelo. LNG é uma delas ", diz Lars Moreira, diretor de ambiente e inovação na Volvo Trucks.

 Os novos caminhões, o Volvo FH LNG e o Volvo FM LNG, podem abastecidos com biogás, o que corta CO2 em até 100%, ou gás natural que reduz as emissões de CO2 em 20% em comparação com o diesel. Isto relaciona-se às emissões do veículo durante o uso.
VOLVO FM LNG 460. Foto Volvo Trucks.
 Em uma comparação com os atuais caminhões movidos a gás disponíveis no mercado, os novos modelos da Volvo Trucks utilizam 15 a 25% menos combustível. GNL dá aos caminhões o maior alcance de operação possível.



"Nossos caminhões novos que funcionam no gás natural liquefeito ou no biogás produzem uma pegada muito menor do clima do que caminhões diesel fazem. Além disso, eles são muito mais eficientes em termos de combustível do que os caminhões movidos a gás disponíveis no mercado hoje. Isso torna o gás mais viável como um substituto para o diesel, mesmo para operações pesadas de longas distancias ", diz Mats Franzén, gerente de produtos motores da Volvo Trucks.


Novos modelos terão uma plaqueta de identificação na lateral LNG. Foto Volvo Trucks
 A Volvo Trucks está agora trabalhando em conjunto com fornecedores de gás e clientes para desenvolver a expansão da infraestrutura de GNL na Europa. Este desenvolvimento está sendo apoiado também por políticos em muitos países e pela UE. A estratégia de expansão da infraestrutura de GNL também está incluída na Comissão Europeia e nos pacotes de ação dos Estados-Membros para assegurar o aprovisionamento energético a longo prazo da Europa.


Tecnologia do Blogger.