Header Ads

Main

UPS e PespiCo fazem pedidos do novo caminhão elétrico da Tesla



Com os pedidos, a Tesla alcança 392 pedidos para o seu caminhão, chamado de Semi.

Texto de Érico Pimenta. Editor-Chefe do Midia Truck Brasil.

 A Tesla recentemente apresentou ao mundo o seu novo caminhão elétrico, chamado de Semi, além do nome diferenciado para um caminhão, o modelo tem um visual bem controverso, porém, esses pequenos detalhes são deixados de lado quando olhamos para as importantes empresas que estão interessados no modelo e fazendo pedidos.  

 A PespiCo havia feito um pedido de 100 caminhões da Tesla, o que até o momento era o maior pedido já recebido pela Tesla. A PespiCo pretende usar os Tesla Semi para transporte de bebidas e lanches da fábrica para os CD´s (Centro de Distribuição) e para os revendedores, ambos que estejam em um raio de 500 milhas (800 quilômetros), no qual é a autonomia no modelo Semi. 



 Segundo Mike O´Connell, Diretor Sênior de abastecimento da Frito-Lay (Subsidiária da PespiCo), os Tesla Semi são fundamentais para o plano de reduzir as emissões de gases em sua cadeia de abastecimento em menos 20% até 2030.

 Já a UPS (United Parcel Services), empresa que presta serviços postais, como os correios, reservou 125 unidades do Tesla Semi, esses caminhões vão se juntar a outros modelos da frota que já utilizam combustíveis alternativos, como gás natural, propano e outros motores não tracionais.

 Juan Perez, Chefe de Engenharia e informação da UPS comenta: "caminhões elétricos inovadores marcam o início de uma era de maior segurança, reduzem o impacto ambiental e reduzem o custo de propriedade".

 Por outro lado, a UPS forneceu à Tesla dados reais sobre a rota de seus caminhões, informações que fazem parte da avaliação que a empresa fez do desempenho esperado do veículo para o ciclo de trabalho da UPS. O caminhão Semi, que a Tesla espera começar a produzir em 2019, tem uma autonomia de até 800 quilômetros com uma única carga e conta com diversos equipamentos de segurança que inclui freio de emergência automático, controle de cruzeiro adaptativo, manutenção ferroviária automática e sistemas de freio redundantes e gerenciamento de cabos.

 Segundo a agencia internacional de notícias, Reuters, até o pedido da PespiCo, a Tesla já havia recebido 267 pedidos do Semi, com o novo pedido da UPS, esse número subiu para 392.

 A Tesla pretende iniciar a produção do Tesla Semi em 2019. 


Tecnologia do Blogger.