Header Ads

Main

Argentina aumenta o PBT dos caminhões para 55 toneladas



Decreto presidencial validou a Propuesta Técnica Vehicular (PTV) (Proposta técnica veicular) da FADEEAC aumentou o PBT (Peso Bruto Total) de 45 para 55,5 toneladas.

Texto de Érico Pimenta. Editor-Chefe do Midia Truck Brasil.

 Com a modificação do Decreto 779/95 que foi assinado em 10 de janeiro deste ano pelo o Presidente da Argentina, Mauricio Macri (Presidente da Argentina deste 2015) aprovou o aumento do PBT (Peso Bruto Total) de 45 para 55,5 toneladas, uma medida que “incrementará uma maior rentabilidade as empresas do setor de transporte e aumentara a competividade” segundo a FADEEAC.



 A Propuesta Técnica Vehicular (PTV), que propôs um aumento no PTB para 55,5 toneladas havia sido oficialmente apresentada em junho de 2017, na ocasiçao, a FADEEAC apresentou dois modelos conceitos, entre eles uma carreta e 3 eixos do tipo 1 + 1 +1, conhecida também como Vanderleia.

 Na ocasião, a FADAEEAC explicou que a então Propuesta Técnica Vehicular (PTV), era uma alternativa intermediaria, para aumentar o limite de 45 Toneladas de PBT e a configuração para os bi trens que começaria a parti das 60 toneladas de PBT.  

 Por sinal, o Decreto 779/95 assinado pelo presidente Macri também autorizou a circulação dos bi trens em rodovias em diferentes partes do país, embora não tenha sido especificado quais corredores foram autorizados. Como se sabe, os bi trens foram autorizados e regulamentados  apenas na província de San Luis.



"É uma conquista porque aumenta a rentabilidade das empresas no setor e aumenta a competitividade", acrescenta a  FADEEAC, em comemoração à aprovação do PTV promovido pelo Departamento de Assuntos Técnicos e Infraestrutura .


Tecnologia do Blogger.