Header Ads

Main

Parceria entre a FPT Industrial e a PETRONAS é celebrada com doação de motor



 Modelo Cursor 8 ficará exposto no Centro de Pesquisa da PETRONAS em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte

 Doação fortalece os laços entre as empresas e reforça o compromisso da FPT Industrial nas áreas de pesquisa e desenvolvimento de motores e fluidos

 Em março, a FPT Industrial, marca da CNH Industrial e uma das principais produtoras de motores industriais do mundo, anuncia a doação de um motor para a PETRONAS Lubrificantes do Brasil. Um modelo Cursor 8 ficará exposto no Centro de Pesquisa da fábrica da empresa em Contagem (MG), Região Metropolitana de Belo Horizonte, recepcionando colaboradores e visitantes.

 A doação fortalece os laços entre a PETRONAS e a FPT, por meio de uma longa parceria no desenvolvimento de motores e fluidos. Em julho do ano passado a FPT conquistou o Prêmio AEA de Meio Ambiente, da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA), ao obter um ganho de 30% no intervalo de troca de óleo em máquinas agrícolas, utilizando um lubrificante PETRONAS.



 “As parcerias confirmam o pioneirismo da FPT no desenvolvimento de motores cada vez mais limpos e eficientes. Neste caso não é diferente. Trabalhamos junto da PETRONAS, uma das maiores empresas de lubrificantes do mundo”, afirma Isabela Costa, responsável pela Comunicação e Marketing da FPT Industrial na América Latina.

Motores em pesquisa e desenvolvimento

 Recentes iniciativas reforçam o compromisso da FPT em investir no futuro. Diferentes motores já foram doados às principais universidades do país, contribuindo para a formação dos futuros engenheiros nas áreas de pesquisa e desenvolvimento.

 Em agosto de 2015 um motor Cursor 13 de 410 cv foi doado para o Centro Universitário de Pato de Minas (UNIPAM), de Patos de Minas (MG). A Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) conta em seus laboratórios com os modelos F1C e F1A, que equipam a linha Iveco Daily e Fiat Ducato, respectivamente. Em julho do ano passado um motor Cursor 13 também foi cedido à Universidade La Salle, de Canoas (RS), para uso em aulas práticas no curso de Engenharia Mecânica.

 Outras instituições receberam doações da FPT Industrial com o mesmo objetivo de formar profissionais cada vez mais inovadores e comprometidos com a sustentabilidade: a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG) e Centro Federal de Educação Tecnológica de São Paulo (Cefet-SP).

Sobre o prêmio

 O reconhecimento da AEA foi obtido por meio da pesquisa intitulada “Os desafios da introdução do óleo API CJ-4 no mercado da América Latina”. Entre abril e dezembro de 2016 três colhedoras Case IH A8800 foram testadas no interior de São Paulo, duas delas abastecidas com óleo Petronas API CJ-4 e uma com API CI-4 – lubrificante usado até então. As máquinas acumularam mais de 4 mil horas de trabalho e durante as colheitas o número de trocas de óleo foi reduzido de sete para cinco, aumentando a eficiência e os resultados ao produtor rural. Ao final dos testes os motores ainda foram desmontados e os resultados obtidos impressionaram os engenheiros da Petronas.

Especificações do Cursor 8

Deslocamento: 7,8 lt
Arquitetura (Cil. / Válvulas) 6L / 4
Potência máx (hp) [kW]: 360 [265] a 2.400rpm
Torque máx. (Nm): 1.500 a 1.685rpm
Sistema de injeção: Injetores de unidade eletrônica
EGR: Nenhum
ATS: SCR


Tecnologia do Blogger.