Header Ads

Main

Petrobras anuncia novos valores para o diesel e gasolina para hoje, dia 17 e amanhã dia 18



Texto de Érico Pimenta. Editor-Chefe do Midia Truck Brasil.

Em quatro dias, o diesel teve um aumento de R$ 0,11 centavos.

 Seguindo a sua nova política de preços, imposta em julho de 2017, a Petrobras continua a aumentar o valor tanto da gasolina como do diesel.

 Para hoje (17), o diesel será vendido a R$ 2,3082, já para o dia 18 o valor chega a R$ 2,3302, valor recorde deste a nova política de preços empregada em julho de 2017. Vale lembrar que os valores são sem tributos.

 Já a gasolina fica em R$ 2,0046 hoje e amanhã dia 18 chega a R$ 2,0407.


 Aumentos absurdos e seguidos

 Ainda segundo a própria tabela disponibilizada no site da empresa, o valor do diesel no início deste mês de maio era R$ 2,0877, e com o atual valor, o diesel acumula uma alta de 15,9%.  

 Com os consecutivos aumentos, José da Fonseca Lopes, presidente da Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros) comenta: “Esses aumentos são verdadeiros banhos de água fria em cima de quem está realmente contribuindo para a retomada da economia, pois a maioria dos produtos dependem do transporte rodoviário para chegar ao consumidor”.




Donos de postos dizem que a nova política é perversa

 Os donos de postos, por sua vez, reclamam de dificuldades financeiras geradas pela escalada dos preços em um momento de crise econômica. “Nós, da revenda, estamos também sofrendo os efeitos desta política perversa. Muitos postos estão perdendo fôlego financeiro e não conseguem sobreviver em meio a este cenário”, diz em carta a Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes (Fecombustíveis).

 “A política de preços da estatal, que tem por base acompanhar o mercado internacional de petróleo, tem ocasionado oscilações desconexas em relação à realidade brasileira”.

 A Fecombustíveis pede também medidas do governo para reduzir a carga tributária, que equivale a 50% do preço final da gasolina. Em julho de 2017, o governo elevou as alíquotas de PIS e Cofins sobre os combustíveis. Mensalmente, estados têm ampliado o valor de referência para o cálculo do ICMS.



Tecnologia do Blogger.