Header Ads

Main

Transportadoras retêm carregamentos e deixam caminhões estacionados devido à greve

Foto: Fábio Donegá


Transportadoras tem apoiado a greve dos caminhoneiros.

Texto de Érico Pimenta. Editor-Chefe do Midia Truck Brasil.

 A Greve dos Caminhoneiros que começou em alguns pontos já nas primeiras horas da madrugada do dia 21, tem conseguido apoio de postos de combustíveis assim como também de empresários do setor de transporte, no qual muitas tem retido ordens de carregamentos assim também como deixado a sua frota estacionada em seus pátios.

 Muitas das empresas que estão adotando a Greve ficam no Paraná, e para elas os aumentos seguidos tem tornado o transporte inviável, especialmente com fretes em valores defasados há meses, aliado ao alto preço pago nas praças de pedágio sobretudo no Paraná.


  A Sintropar (Sindicato das Empresas de Transporte do Oeste do Paraná) afirmou que muitos veículos estavam retidos nos pátios por questões de segurança, mas de total ao apoio grevista. O Sindicato ainda afirmou que também não estão sendo emitidas ordens de carregamento.

Porto de Paranaguá sente efeitos da greve

 Ontem, aqui no Midia Truck Brasil falamos sobre o Porto de Santos, que deve suas atividades afetadas pela grave, o porto de Paranaguá teve a entrada de caminhões bloqueadas, iniciando as 6 da manhã indo até a parte da parte, com isso, 1.067 caminhões carregados com grão com agendamento não compareceram, o que equivale a cerca 39 mil toneladas. Caso o bloqueio continue, a Appa (Administração dos Portos de Paranaguá e Antonia) estimava que 2 mil caminhões carregados com grãos deixem de entrar no porto. 

Leia:  Greve dos caminhoneiros afeta operações no porto de Santos


Tecnologia do Blogger.