Header Ads

Main

O jacaré de Seu Aldevino





 Famoso na região de Tangará da Serra, no Mato Grosso, Scania L 111sde Seu Aldevino o ajudou a criar oito filhos, serviu como incentivo para a formação de muitos motoristas na região, e hoje é conservado com carinho pelo filho Celso

 A história de família Bernardo Vieira não poderia ser contada da mesma forma sem incluir o Scania L 111s ano 1979 do patriarca, o Seu Aldevino. O caminhão foi adquirido por ele somente em 1981, mas dali em diante é possível dizer que se tornou praticamente um integrante da família.

 Foi ao volante do veículo que, por 48 anos, o motorista conseguiu criar os oito filhos. Cinco deles seguiram a profissão do pai e ganharam, cada um, o seu próprio caminhão. Aos outros três que decidiram por outras carreiras, Seu Aldevino custeou a faculdade. Entre eles está Celso, que escolheu a carreira de Direito, mas nem por isso se manteve longe da grande paixão do pai. Aliás, foi dele a decisão de manter o veículo na família após o seu falecimento, em 2008, como forma de lembrança e homenagem.

Escola para motoristas

 Na região de Tangará da Serra (MT), não há quem não conheça o 111 jacaré do Seu Aldevino. É tradição antiga na cidade o caminhão ir à frente da carreata na festa de São Cristóvão — padroeiro dos motoristas. Mas não é só por isso. “Ele ajudou muita gente a entrar nessa profissão e usava o próprio caminhão para ensinar o pessoal a dirigir”, conta o filho, que tem como algumas de suas principais memórias as viagens que fazia com o pai no período das férias escolares.

Caminhão na sede da APCTTS, em 1994
 Celso também relembra que houve época em que Aldevino chegou a vender uma casa só para não se desfazer do seu parceiro de estrada. “Ele teve outros Scania, mas com esse a relação sempre foi diferente. Era bonito de ver a confiança que ele tinha no caminhão. Os dois formavam uma grande dupla”.
 Apoio e organização para a categoria

Antes de chegar às mãos de Celso, o L 111s foi dado como herança a outro irmão, que decidiu vende-lo depois de comprar um Scania 112H. “Foi aí que fiquei com o caminhão, mas o tirei de operação porque o meu objetivo é preservá-lo”, conta o advogado que passou a investir na reforma e customização do veículo, confessando que já gastou uma pequena fortuna para incrementá-lo. Além da manutenção na parte elétrica e mecânica, o Jacaré 111 agora conta com suspensão traseira e dianteira com regulagem de altura, escapamento com cinco saídas e aerofólio spoiler, entre outros.
 Todos os finais de semana, o novo proprietário da relíquia faz questão de desfilar com ela pela cidade, mas na maior parte do tempo o caminhão fica estacionado em frente a outro grande criação de Seu Aldevino, a Associação dos Proprietários de Caminhões de Transportes de Tangará da Serra (APCTTS), que apoia os motoristas autônomos da região. “Meu pai é co-fundador e foi o primeiro presidente da Associação, que eu tive o privilégio de assumir, dando continuidade a esse trabalho que tanto orgulha a nossa família e que é mais um fruto que ele deixou para todos nós”.
Via Scania.

Tecnologia do Blogger.