Header Ads

Main

Scania aumenta participação no mercado chileno






 Pelo segundo ano consecutivo, cresce presença da montadora no país; entrada no segmento de semipesados contribuiu para o resultado

 A Scania, referência mundial na fabricação de caminhões pesados, ônibus e motores industriais e marítimos, aumentou em 23% a participação no mercado chileno, comparando dados de janeiro de 2015 aos do mesmo período de 2014. O resultado é bastante positivo e está na contramão do desempenho do setor, que apresentou queda de 10% no primeiro mês do ano.

 “Estamos com muitos projetos para expandir os serviços de pós-venda no país, pois nos especializamos em aumentar a disponibilidade dos produtos e oferecer o melhor rendimento operacional para o cliente”, explica Sebastián Figueroa, diretor-geral da Scania no Chile. “Os testes de campo nos diversos segmentos demonstram vantagens operacionais dos veículos Scania sobre a concorrência, e isso se reflete nos resultados obtidos.”

 O modelo mais comercializado da marca em janeiro foi o caminhão para o segmento florestal Scania G400 6x4 com cabine leito e frente off-road. “Nossos veículos têm maior robustez e apresentam o menor consumo de combustível da categoria, o que o torna a melhor opção para os clientes”, ressalta Rodrigo Garrido, gerente de produto da Scania Latin America.

 Os caminhões ainda contam com caixa totalmente automatizada Opticruise. “Somos os únicos a oferecer câmbio automatizado com marchas Crawler (super-reduzidas), fundamentais para situações extremas, que garantem a continuidade onde veículos de outras marcas não conseguem passar”, acrescenta Rodrigo.

 Crescimento contínuo – Em 2014, a montadora já havia apresentado crescimento de 18,5% de participação no mercado de caminhões de 300 cavalos de potência em relação aos números de 2013, consolidando-se como uma das marcas líderes no Chile. “Em meio a um cenário adverso, com o setor em retração, conseguir aumentar o market share reforça a efetividade de nossa estratégia. Fechamos o ano de 2014 com participação de 10% do mercado de semipesados”, afirma Sebastián.

 O diretor-geral da Scania no Chile também destaca que contribuiu para o resultado a entrada no segmento de semipesados com o novo motor de 5 cilindros e 310 cavalos de potência, que foi bem recebido pelos clientes que atuam no setor de distribuição.




     style="display:inline-block;width:300px;height:250px"
     data-ad-client="ca-pub-6573302521364265"
     data-ad-slot="2769993035">

Tecnologia do Blogger.