Header Ads

Main

Carreta que interditava a BR-381, em Itatiaiuçu volta a circular após 24 horas




Transformador de 240 toneladas caiu da carreta na manhã de ontem. Trabalho de retirada avançou pela madrugada. Veículo será removido para praça de pedágio 

Via Em.com.br com texto de Cristiane Silva

 Após 24 horas de interdição, equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Autopista Fernão Dias e da empresa Superpesa conseguiram remover o transformador que caiu de uma carreta na manhã de quinta-feira na BR-381, em Itatiaiuçu, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

 Segundo policiais que estão no local, o veículo retomou o deslocamento às 11h30 e será levado para um pátio de pedágio a 4 quilômetros do local do incidente. O trânsito só será completamente liberado depois da conclusão da viagem. O congestionamento na manhã desta sexta-feira chegou a quatro quilômetros.

 O veículo com carga excedente saiu de Betim em direção a São Paulo ainda em março. O comboio de 540 toneladas sofreu diversos incidentes no percurso. Esta é a segunda vez em que a BR-381 é interditada pelo mesmo motivo em menos de um mês.

 Na manhã de quinta, o comboio saiu do km 535 e seguiria até o km 565 no sentido Belo Horizonte/São Paulo. Quando passava pelo km 542, a carga tombou em uma curva e interditou totalmente a rodovia. O conjunto tem 96 metros de comprimento. Somente o transformador, que foi fabricado há um ano e será levado para a Argentina, tem 240 toneladas.

 As causas do acidente ainda estão sendo apuradas. De acordo com um funcionário da empresa responsável pela carga, que não quis se identificar, a inclinação da curva pode ter causado o tombamento. Algumas mangueiras hidráulicas do trator que fazia o transporte estouraram. O trabalho para liberar a pista se estendeu por toda a madrugada. Os motoristas que seguiam em direção a São Paulo precisaram usar desvios no trecho.

 Mais cedo, Autopitsa Fernão Dias informou que não pretende liberar o veículo enquanto não houver a certeza de que ele poderá seguir viagem sem mais transtornos. A decisão leva em conta o histórico de incidentes. A concessionária também informou que, caso a Autorização Especial de Trânsito (AET) não seja cassada, a carreta só deve voltar à estrada na próxima quinta-feira, depois do feriado. Também existe a possibilidade de ela voltar para Betim se a carga tiver sido danificada.

Com informações de Valquíria Lopes e João Henrique do Vale
Tecnologia do Blogger.