Header Ads

Main

Transposul abre em clima de otimismo e celebração



 Evento reúne maiores empresas do segmento de transporte e logística do país em Bento Gonçalves até sexta-feira (29/06)

 O primeiro dia da 20ª TranspoSul - Feira e Congresso de Transportes e Logística, em Bento 
Gonçalves (RS), teve comemoração com o resultado do jogo do Brasil, empolgação com a perspectiva de negócios para o setor e nostalgia na comemoração dos 20 anos do evento.  Na solenidade de abertura, o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Carga e Logística do Rio Grande do Sul (SETCERGS), Afrânio Kieling, destacou a importância e crescimento da Transposul.

- Esta edição só está acontecendo porque há vinte anos, visionários, liderados por Ademir Frasson, imaginaram um pequeno congresso do setor em Canela. Hoje, estamos diante de um evento que é o 2º maior do setor no Brasil - discursou o presidente do SETCERGS, Afrânio Kieling.

 O ex-presidente da Fetransul, advogado economista, pós-graduado em inovação e competitividade, Paulo Caleffi, destacou que a Transposul é um lugar de convergência dos interesses.

- Estamos reunindo todos aqueles que dependem do transporte de passageiros e de cargas e que dele vivem - afirmou.

 O prefeito municipal de Bento Gonçalves, Guilherme Pasin, comentou que o retorno da Transposul é motivo de orgulho para a cidade. Durante a solenidade de abertura, foram feitas homenagens aos presidentes nas gestões de todas as edições da Transposul, Ademir Frasson, Adir Luiz Fração, João Pierotto, Sérgio Neto, José Carlos Silvano e Afrânio Kieling.

 A repercussão da greve dos caminhoneiros e os rumos da política nacional que impactaram no frete em todo o país, não podiam ficar de fora da pauta. Atuante no transporte rodoviário de cargas há 50 anos, o advogado e economista, Paulo Caleffi, junto do assessor técnico da NTC & Logística, Antônio Lauro Valdívia Neto, abriu o Congresso Técnico na Transposul – Feira e Congresso que acontece Fundaparque, em Bento Gonçalves.

-Todos os que estão aqui tem de se unir em torno de líderes do transporte que são os interlocutores dos caminhoneiros, das transportadoras, dos taxistas e dos ônibus. A cadeia é ampla e o debate interessa a todos que trabalham no setor, desde empresários até motoboy, borracheiro e mecânico - completou.

 No segundo momento, Lauro Valdívia apresentou dados do setor de transporte e explicou como é feita a tabela de indicadores de custo do frete.



Uma novidade que deve revolucionar o mercado, o caminhão elétrico, foi pauta de palestra. O veículo foi já exibido na Alemanha e tem previsão de chegar ao mercado em 2020. Foi desenvolvido pela filial brasileira e será voltado para entregas nos mercados da América Latina e da África.

- Quando falamos em cidade, pensamos em baixa emissão de CO2. Dentro das cidades consideramos como uma área muito mais rigorosa em termos de emissão de poluentes e ruído. Nas chamadas “green zone”, como centro de São Paulo, por exemplo, acreditamos muito no potencial de veículos totalmente elétricos - explicou o vice-presidente de Planejamento Estratégico de produto e Digital Office da MAN Volkswagen, Leandro Siqueira.

 Mudanças nem sempre são fáceis e quando envolvem um empreendimento, seja este de grande ou pequeno porte, gera muita insegurança. Afinal, não é de costume mexer em time que está ganhando. Apresentadora do programa MUNDO S/A, Maria Prata, provou através de exemplos com empresas consolidadas no mercado que inovar é preciso

-Quando falamos de inovação, a gente pode aplicar o conhecimento em qualquer área que existe - comentou.

 O aumento de 51,7% no 1º trimestre de 2018 nas vendas de caminhões novos encheu de otimismo as fabricantes. Foram 14.669 unidades emplacadas de janeiro a março no Brasil, enquanto no mesmo período do ano passado o setor havia alcançado 9.671 unidades. A aposta dos fabricantes é no diferencial de caminhões que com avançada tecnologia agregada, proporcionam ganhos financeiros.

- Trouxemos aqui para Transposul, um caminhão que possui uma caixa automatizada que tem surpreendido positivamente os consumidores - explicou o consultor de marketing regional sul da Ford Caminhões, Marcus Vinicius Ferreira.

 A Scania também está presente no evento com soluções inteligentes e conectadas nos seus caminhões.

- Apresentamos uma novidade que é o plano flexível, no qual o cliente paga pelo quilômetro rodado. Isso garante uma maior disponibilidade do veículo e menor custo de manutenção, podendo chegar a até 16% de ganho - explicou o gerente geral de pós-vendas da Scania.

 Uma das atrações do evento, que ocorre nos pavilhões da Fundaparque é a Visita Guiada. A prática foi implantada na edição do ano passado e devido ao sucesso vem sendo repetida esse ano. Através de grupos formados com participantes, é possível ter a experiência de conhecer as principais inovações e tecnologias embarcadas nos modelos mais modernos do mercado

 A 20ª TranspoSul - Feira e Congresso de Transportes e Logística ocorre entre 27 e 29 de junho no pavilhão E do Fundaparque, em Bento Gonçalves. Outras informações podem ser obtidas no site transposul.com. O evento conta com os patrocinadores Master MAN Volkswagen Caminhões e Ônibus e Mercedes-Benz.  Patrocinadores Premium Dipesul Volvo, Fetransul, Ford Caminhões e Ônibus e Scania. Patrocínio Triunfo Concepa e apoio Sindiatacadistas.


Tecnologia do Blogger.