Header Ads

Main

Jair Bolsonaro diz que pretende emitir decreto para garantir posse de arma de fogo



 Em maio deste ano de 2018, um projeto de lei tinha como intenção de autorizar a posse de armas de fogos a caminhoneiros

 Texto de Érico Rafael Pimenta. Editor-chefe do Midia Truck Brasil com informações de Reuters Brasil e Blog Caminhões e Carretas

 O então Presidente eleito, Jair Bolsonaro, declarou neste sábado que seu governo pretender emitir um decreto para garantir a posse de arma de fogo ao cidadão que não tenha antecedentes criminais.


O Presidente usou sua conta na rede social Twitter para anunciar tal plano.

 “Por decreto pretendemos garantir a POSSE de arma de fogo para o cidadão sem antecedentes criminais, bem como tornar seu registo definitivo”, escreveu em sua conta no Twitter.






A flexibilização do porte de armas de fogo foi uma promessa de campanha de Bolsonaro.



Posse de armas para caminhoneiros

 Durante o XVIII Seminário Brasileiro do Transporte Rodoviário de Cargas, políticos e representantes das principais entidades e órgãos do setor se reuniram para debater temas de extrema importância para o País no que diz respeito ao TRC.

 Entre os assuntos debatidos no evento, o posse de armas de fogos para caminhoneiros foi debatido. De acordo com uma pesquisa realizada, em 2017 foram registrados 25.970 casos de roubo de cargas no Brasil, totalizando um prejuízo de R$ 1,570 bilhões. Os estados do Rio de Janeiro e São Paulo, juntos, somaram 81,56% das ocorrências.

 O Deputado Federal Professor Victório Galli (PSL/MT) que esteve presente no evento, apresentou um Projeto de Lei 10.205/2018, que concederia a posse de armas aos caminhoneiros, com uso restrito ao interior dos caminhões.

 Ainda segundo o Deputado, o projeto de lei corrobora com o Estatuo do Desarmamento (Lei 10.863/2003), que 2003, que autoriza a posse de arma em residência ou local de trabalho, assim, como o caminhoneiro poderá no interior de seu caminhão ter a posse de arma para a sua legitima defesa, de sua família e da carga que transporta.

 O Deputado ainda reconhece a necessidade de uma análise detalhada do projeto de lei, mas ressalta a insegurança e sofrimento diário dos caminhoneiros diante dos frequentes ataques de bandidos em rodovias e nas grandes cidades.

 “Sou a favor da posse de arma para os caminhoneiros que arriscam suas vidas pelo brasil afora para trazer o sustento de suas famílias” menciona o Deputado no teor do projeto.

Confira na íntegra o PL 10.205/2018: Clique aqui



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.