Header Ads

Nova geração de caminhões Scania agrada frotistas e já conta com 600 unidades comercializadas


Apresentada oficialmente no final de outubro de 2018, modelo deve conquistar uma boa fatia do mercado

Texto de Érico Rafael Pimenta. Editor-chefe do Midia Truck Brasil

 A nova geração de caminhões Scania (NTG), chamada de “A verdadeira  Máquina dos sonhos”, foi fruto de 10 anos de pesquisas, investimento e desenvolvimento para criar um caminhão que sirva as verdadeiras necessidade dos operadores logísticos.

 Deste o seu lançamento, a nova geração de caminhões da Scania faz a sua estreia com vendas de lotes expressivos para três grandes operadores no Brasil, AMAGGI (300 unidades), RodoJunior (100 unidades) e por fim, Fontanella Transportes (200 unidades).

 A AMAGGI encomendou 300 modelos R 500 6x4, este que conta com motor de 13 litros, 500 Cavalos e 2.550 Nm de torque. Os R 500 serão combinados com rodotrens graneleiros de 25 metros com capacidade para transportar até 49,5 toneladas.

 Além dos caminhões, a AMAGGI optou pelo Plano de Manutenção Scania com Planos Flexíveis.

 Em pouco tempo de abertura das vendas e já temos o volume recorde de um cliente do tamanho da AMAGGI é motivo de certeza do avanço tecnológico que estamos trazendo com a Nova Geração”, afirma Roberto Barral, vice-presidente de Operações Comerciais da Scania no Brasil. “Estamos confiantes com a promessa de economia de até 12% do lançamento em relação a antiga linha PGR”.

 A aquisição destes veículos atende a uma necessidade estratégica na estrutura logística da AMAGGI, que já possui um longo histórico na administração de sua própria frota fluvial”, comenta o presidente executivo da AMAGGI, Judiney Carvalho.





 A segunda empresa a investir na nova geração de caminhões Scania foi a Rodojunior Transportes, empresa localizada em Rio Verde, Goiás. A empresa comprou 100 caminhões da nova geração, sendo 60 unidades do modelo R 500 6x4 e 40 unidades do modelo R 450 6x2, esses que vão integrar a operação no setor industrial com carretas sider, segmento este que a Rodojunior vêm investido de forma significativa.

 Em entrevista ao portal Caminhões e Carretas, Eliseu Marques Júnior explicou que fatores como, a economia de até 12% no consumo de combustível em relação aos modelos anteriores, o elevado número de vantagens operacionais proporcionados pela conectividade, atrelada aos mais recentes Programas de Manutenção Scania (PMS) e o ótimo relacionamento entre a transporta, a Scania e a concessionária Varella Pesados, representante da marca em Goiás, Espirito Santo e Distrito Federal, foram decisivos para aquisição do expressivo lote de modelos da nova geração.

 Com a recente aquisição, a frota da Rodojunior Transportes e Logística será composta por mais de 250 caminhões, sendo 152 da marca sueca, número que corresponderá a 61% do total da frota.


 Por fim e mais recente, a Fontanella Transporte encomendou 201 caminhões da nova geração, sendo eles 100 unidades do modelo R450 6x2, 100 unidades do modelo R 450 6x4 e 1 Scania R 620 V8 6x2.

 Questionado sobre  a escolha dos modelos recém lançados pela montadora, Valdir Fontanella, diretor presidente da Fontanella Transportes explicou: “Compramos de uma única empresa, que é a Scania, porque somos apaixonados por esta marca. Ela nos traz rentabilidade e nos permite reduzir custos. Nosso cliente busca um tempo menor de transporte com um preço melhor. Só podemos entregar a mercadoria que o cliente tanto espera com segurança se fizemos uso de um equipamento novo, mais tecnológico e econômico. Somos contratados pela eficiência que podemos oferecer É por isso que buscamos sempre inovar. Além disso, com estes investimentos, a empresa se torna mais atrativa para os profissionais que nela atuam. Afinal, isso resulta em melhores condições de trabalho para os nossos motoristas”.

Venda de grandes lotes faz parte da história da Scania

 Apesar de chamar atenção, a Scania historicamente a nível mundial tem vendas expressivas de grandes lotes. No Brasil a montadora vendeu em 2003 um lote de 200 caminhões para a então grande e saudosa Binotto. Na época o modelo vendido foi o R124.

 Além das vendas para o segmento rodoviário, em 2006 a Scania vendeu para a Vale do Rio Doce 300 caminhões (série 4) P 420 8x4 (Off-Road). A Scania foi a primeira montadora a ofertar modelos 8x4 para o segmento Off-Road no Brasil. Em 2006 havia 700 modelos 8x4 em operação em Minas Gerais.

Scania P 420 8x4 vendido ao Vale do Rio Doce em 2006. Reprodução Scania 





A Máquina dos Sonhos

 A nova geração de caminhões Scania chega nas séries P, G, R e S esta com piso 100% plano. Na parte de motorização, a nova geração conta com os seguintes motores e potencias:

Os novos motores de 7 litros chegam ao mercado com 3 faixas de potência:

220 Cavalos e 1.000 Nm de torque;

250 Cavalos e 1.100 Nm de torque;

280 Cavalos e 1.200 Nm de torque;

 Os motores de 9 litros, que também contam com a tecnologia XPI serão oferecidos em 3 faixas de potência:

280 Cavalos e 1.400 Nm de torque;

320 Cavalos e 1.600 Nm de torque;

360 Cavalos e 1.700 Nm de torque;

 Já os motores de 13 litros recebem as maiores novidades, ficando as novas faixa de potência:

410 Cavalos e 2.150 Nm de torque;

450 Cavalos e 2.350 Nm de torque;

500 Cavalos e 2.550 Nm de torque;

540 Cavalos e 2.700 Nm de torque;

 Por fim, o consagrado motor V8 de 620 cavalos continua a ser oferecido ao mercado com 3.000 Nm de toque e também tecnologia XPI.

Além deste motores, a Scania foca em sustentabilidade e confirma o seu compromisso, e agora oferece os motores a GNV/BIOETANOL e GNV/BIOMETANO.

 O motor a Bioetanol chega em duas potencias sendo elas:

Motor DC09 136 (9 litros) com 280 Cavalos e 1.400 Nm de torque.

Motor DC13 156 (13 litros) com 400 Cavalos e 2.150 Nm de torque.

 Já o motor a Biometano recebe 3 faixas de potência, sendo elas:

Motor OC09 104 (9 litros) com 280 Cavalos e 1.350 Nm de torque.

Motor OC09 104 (9 litros) com 340 Cavalos e 1.600 Nm de torque.

Motor OC13 105 (13 litros) com 410 Cavalos e 2.000 Nm de torque.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.