Header Ads

Main

Revisão da tabela de fretes tem participação da Universidade de São Paulo (USP) a pedido do governo federal


Motivo de queixas e polemicas, a tabela de frete passa por uma revisão de valores

Texto de Érico Rafael Pimenta. Editor-chefe do Midia Truck Brasil

 A USP (Universidade de São Paulo) está participando da revisão da tabela de fretes a pedido do próprio governo federal. A tabela foi criada em decorrência a greve dos caminhoneiros, que ocorreu em maio de 2018, além da tabela, o governo concedeu subsidio ao óleo diesel.

 Segundo o jornal da própria USP, um “grupo da Universidade pretende reduzir as distorções da atual tabela a pedido da ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres”.





 A USP ainda elaborou um questionário que tem como objetivo de compor os indicadores técnicos e operacionais do custo operacional total na formulação do piso mínimo d frete no transporte rodoviário e de cargas. O tempo estimado de resposta é de 15 a 22 minutos.  É possível realizar a divulgação dos dados em versões de planilhas ou demais documentos. Encaminhe tais informações para o seguinte endereço eletrônico: 

Link para o questionáriohttps://goo.gl/forms/FoPMmYij1Rxxvia72



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.