Header Ads

Mulheres se destacam na operação de carregadeiras Volvo na logística portuária da Moviport, na Argentina




 Reconhecidas mundialmente por sua grande disponibilidade, baixo consumo de combustível e alta tecnologia, as carregadeiras Volvo estão tendo um excelente desempenho em um cliente da marca na Argentina. E com um detalhe: cinco dos 15 operadores são mulheres. Elas estão fazendo um ótimo trabalho na Moviport, um dos maiores operadores logísticos portuários da Argentina, que trabalha com a movimentação de fertilizantes no porto de San Nicolás, Província de Buenos Aires.

  Nossas operadoras são zelosas e aplicadas”, declara Belisario Tiscornia, diretor da Moviport. Ele lembra que as primeiras mulheres começaram a ser treinadas em 2007, quando a empresa optou pela diversidade nessa área tradicionalmente masculina e lançou o desafio de implantar um quadro de operadoras. “Algumas delas se desenvolveram ainda mais e cresceram dentro da empresa, uma tornando-se chefe de operações e outra, supervisora”, lembra o diretor.

 Todas as operadoras se adaptaram facilmente às carregadeiras Volvo. A Moviport tem atualmente 11 carregadeiras da marca – dez L60 e três L90, distribuídas entre os modelos das séries “E” e “F”. “Estou muito contente com as carregadeiras Volvo. Elas são confortáveis, ágeis e rápidas, ajudando muito na manutenção da produtividade”, afirma Valeria Friklee, que integrou a primeira equipe de formação de operadoras, há 12 anos.





Conforto e segurança

 “Gosto também do conforto da cabine das máquinas Volvo. O assento é muito confortável e não tenho dores ao final do dia de trabalho”, explica Valeria, elogiando também o baixo nível de ruído e a segurança das carregadeiras. Os técnicos da Moviport também estão satisfeitos com a disponibilidade mecânica dos equipamentos. “São carregadeiras com baixo consumo de combustível e confiáveis, apesar do grande número de horas que trabalham”, diz Tiscornia.

 Estar disponível é uma condição muito importante para uma empresa que trabalha com escala e altos volumes. A Moviport movimentou em 2018 cerca de 1,3 milhões de toneladas de fertilizantes nos armazéns do porto de San Nicolás, um recorde desde o surgimento da empresa em 1980, e que deverá ser superado este ano.
Resistentes à corrosão

 “Outro atributo importante das carregadeiras Volvo é sua resistência no ambiente agressivo de movimentação de fertilizantes”, destaca Pablo Berretti, diretor da Escandinavia Del Plata, distribuidor Volvo na Argentina. Ele lembra que, além de outras proteções, as carregadeiras da marca saem de fábrica com uma pintura epóxi, muito útil para evitar a corrosão e facilitar a limpeza da máquina.
  
 O diretor aponta que os equipamentos Volvo também são apreciados na área de movimentação de fertilizantes por conta de sua versatilidade. O acoplamento rápido de implementos nas carregadeiras da marca é muito útil nesse tipo de aplicação, que precisa mudar constantemente as caçambas, por conta do peso específico de cada um dos materiais movimentados. “É mais produtividade na operação”, ressalta o dirigente.

 A Moviport acaba de comprar mais duas carregadeiras Volvo, desta vez do modelo L90F, com uma caçamba de 4,1 metros cúbicos. A empresa decidiu por equipamentos maiores para trabalhar nos novos silos, que têm mais espaço para a movimentação.
Alta capacidade

 A Moviport trabalha com alta produção. Com 180 funcionários permanentes e 30 contratados, opera com os principais players de fertilizantes do mercado. A empresa tem 23 depósitos cobertos de 1 mil m² a 10 mil m², com uma capacidade total de 52 mil m² de armazenagem coberta e 18 hectares no total, além de um pátio para estacionamento de 200 caminhões.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.