Header Ads

Confederação Nacional do Transporte pressiona o STF por julgamento da tabela de frete

Foto Najia Zerbetto Furlan
(Por André Garcia / Frota e Cia) A Confederação Nacional do Transporte (CNT) divulgou nota para defender que seja concluído o julgamento sobre a tabela de fretes pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Na tarde de ontem, começou a circular a informação que o julgamento previsto para o dia 19 poderia ser adiado. Dessa forma, a definição sobre a constitucionalidade ou não da tabela seria mais uma vez postergada. 






 De acordo com a nota, a CNT pede que o julgamento seja mantido em defesa do Transporte Rodoviário de cargas. “A CNT, como a entidade máxima de representação das empresas de transporte e logística do Brasil, defende a finalização do julgamento.” 

 Segundo o presidente da entidade, Vander Costa, a indefinição do assunto é pior que qualquer decisão. “O importante é o que o problema seja enfrentado. Portanto, não podemos ficar nesse impasse de pagar ou não pagar. Nosso setor responde por 90% do transporte de cargas no país, e necessita de segurança jurídica sobre a matéria. O setor urge por uma definição em relação a essa questão.” 


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.