About Me



Mercedes-Benz e Sindicato dos Metalúrgicos do ABC chegam a acordo para fábrica de São Bernardo do Campo (SP)


 Diante do atual cenário de pandemia do Coronavírus, a Mercedes-Benz do Brasil tem atuado em duas principais frentes:1) garantir um ambiente de trabalho saudável e seguro para seus colaboradores, conforme as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e 2) assegurar a saúde financeira da Empresa, ajustando seus volumes de produção à atual realidade do mercado. 

 Com base nessas importantes premissas, de sobrevivência dos profissionais e de nossos negócios, após negociação entre a Mercedes-Benz e o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, foi aprovado em votação online, no dia 18/4/2020, um novo acordo para os mais de 8 mil profissionais da unidade de São Bernardo do Campo (SP). 




 Principais medidas acordadas a partir de 4/5, quando as atividades presenciais passam a ser retomadas gradualmente: 

 Redução de jornada de trabalho de 25%, no período de 4/5 a 31/7/2020, para todos os administrativos que não estejam ligados à produção, com a consequente redução salarial conforme patamar de salário dos empregados. Todos os funcionários administrativos que puderem desenvolver atividades à distância seguirão trabalhando em home office, atendendo as recomendações da OMS. 

 Suspensão temporária de contratos de trabalho de cerca de 50% dos colaboradores ligados diretamente à produção entre 4/5 e 30/6/2020. Ao término, será concedido um segundo período de suspensão temporária do contrato de trabalho, de 1/7 a 31/8/2020, para os outros 50% dos colaboradores ligados à produção. A consequente redução nos salários também seguirá o patamar salarial dos empregados. 

 Com este acordo, a Mercedes-Benz também vai garantir estabilidade de emprego até 31 de dezembro de 2020 para os profissionais da planta de São Bernardo do Campo. 

 Dessa maneira, a Empresa mantém o seu compromisso de evitar demissões, além de assegurar a sustentabilidade do seu negócio no mercado brasileiro. São alternativas viáveis e que trazem mais tranquilidade a todos durante esse período extremamente desafiador. 

 Para as demais plantas de Campinas e Iracemápolis (SP) e Juiz de Fora (MG), as negociações seguem em andamento. 


Postar um comentário

0 Comentários