About Me



No oeste da Bahia, motorista de caminhão sob efeito de “rebite” é flagrado conduzindo veículo adulterado


O homem foi abordado pelos agentes federais no KM 800 da BR 242, trecho do município baiano de Barreiras. Na cabine do caminhão foram encontrados 61 comprimidos de anfetamina, substância que é utilizada pelos motoristas para dirigir por mais tempo na estrada. 

(Agência PRF) Por volta das 10h30 da manhã da quarta-feira (01/04), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou um homem de 42 anos conduzindo um M.Benz/Actros 2651 tracionando dois semi-reboque adulterados. Foram apreendidos também cartelas de anfetamina. 

 Durante abordagem e fiscalização na rodovia, os agentes federais observaram que os semi-reboques atrelados a carreta apresentavam diversas incongruências. Posteriormente, constataram através de consulta aos sistemas da polícia, que os veículos foram emplacados pela primeira vez em maio de 2018 em um município do interior da Bahia, contudo ambos foram fabricados em 2007, fator que demonstra que houve registro fraudulento no primeiro emplacamento. 




 Questionado, o motorista relatou desconhecer as irregularidades apresentadas e informou ainda que era sua primeira viagem dirigindo aqueles veículos. 

 Os policiais decidiram fazer uma fiscalização minuciosa no caminhão e durante busca ao interior da cabine, eles encontraram várias cartelas com anfetamina, que totalizaram 61 comprimidos de “rebite”. O medicamento em questão costuma ser usada por profissionais do volante, como caminhoneiros, para inibir o sono e prolongar a viagem, desrespeitando, assim, a Lei do Descanso e colocando em risco o próprio condutor e os usuários das rodovias federais. 

 Aos policiais, o condutor de 42 anos que é natural de Frei Paulo (SE) confirmou que fez uso do estimulante durante a viagem, com o intuito de dirigir por mais tempo na estrada. Vale ressaltar que a importação e comercialização desse produto é proibida. 

 Diante dos fatos, a ocorrência foi encaminhada à delegacia de polícia judiciária local para adoção das medidas cabíveis. 

Perigo uso descontrolado de anfetaminas 

Nobésio (rebite): Com objetivo de dirigir várias horas seguidas, sem descanso, para cumprir prazos predeterminados ou até faturar um extra no final de cada viagem, alguns motoristas de caminhão optam em utilizar o rebite. A substância, uma anfetamina, é um estimulante do sistema nervoso central e faz com que o cérebro trabalhe mais depressa e cause nas pessoas a impressão de diminuição da fadiga – já que conseguem executar uma atividade qualquer por mais tempo – de menos sono, perda de apetite e de aumento da capacidade física e mental. 


Postar um comentário

0 Comentários