About Me


Vendas de implementos no Estados Unidos tem queda de 54%

Hyundai Translead, setor de implementos da Hyundai. Foto Hyundai 
Queda das vendas vem relacionada ao COVID-19 

Texto de Érico Rafael Pimenta. Editor-chefe do Midia Truck Brasil com informações de Economic Watch

 A vendas de implementos rodoviários nos Estados Unidos registraram uma queda de 54% no último mês de março quando comparado ao mês de fevereiro, isso representa uma queda de 6.500 implementos. 

 Quando se faz o comparativo entre os meses de março de 2019 com 2020 a queda aumenta em 1% e vai a 55%.  

  Ainda segundo a Freight Transportation Research (FTR), os pedidos de implementos do tipo flatbed eram mornos, e os pedidos de frigoríficos também diminuíram, embora não na mesma extensão. 




"O mercado de implementos frigoríficos frete as baixas vendas de caminhões classe 8, pois as operadoras logísticas estão extremamente cautelosas devido à ansiedade sobre o vírus", afirma Don Ake, vice-presidente de veículos comerciais da Freight Transportation Research. “Os pedidos feitos em março são para unidades que são consideradas absolutamente necessárias para necessidades de curto prazo. As frotas também atrasarão a renovação de implementos mais antigos até que a situação econômica se estabilize. Os pedidos excederam o total de 5.600 em junho passado, quando algumas frotas grandes cancelaram os pedidos de baús quando o mercado de frete esfriou”. 

 “Espera-se que haja uma saturação a curto prazo, devido ao enorme número de novos implementos que entraram no mercado nos últimos três anos. Alguns desses implementos ficarão ociosos durante essa crise econômica difícil. Eles voltarão a funcionar gradualmente à medida que as coisas se recuperarem. No entanto, isso limitará a demanda de novos trailers por um tempo. Essa é uma situação grave de espera para ver, com um período de espera potencialmente longo. Espere que os pedidos acompanhem a marca de 10.000 unidades por alguns meses como resultado. Conclui Don Ake 

Crise no setor  

 Deste 2019, já era esperada uma crise no setor de transportes nos EUA. Em novembro mostramos aqui no Midia Truck Brasil que montadoras como a Volvo Trucks havia demitido 700 funcionários da sua planta fabril em New River Valley no estado americano de Virgínia.  

 Não apenas a Volvo, mas montadoras como Mack Trucks (marca do grupo Volvo) Daimler, Kenworth é Navistar estavam fazendo demissões ou reduções em sua produção para se adequar a crise de 2020.  

 Com o Covid-19 a situação se agrava e o setor já em crise vai enfrentar mais problemas. 


Postar um comentário

0 Comentários