About Me


Transportadora italiana SMET, anuncia a incorporação do Nikola / Iveco TRE para testes

 

Modelo está sendo montado na fábrica de Ulm, na Alemanha  

 

 A Transportadora italiana SMET, que tem sua frota composta por modelos da Iveco e foi a primeira transportadora a receber o novo Iveco S-WAY NP (Modelo a GNL e que tem autonomia de até 1.600 km) em 2019, anunciou que estará iniciando testes com o modelo Nikola / Iveco TRE em 2021.  

 

 No comunicado a empresa agradece o esforço da equipe da Iveco junto da Nikola para entregar o caminhão mais breve possível. 





 O Nikola / Iveco TRE é um caminhão movido a hidrogênio que tem autonomia de até 1.000 mil km e velocidade máxima de 120 km/h (em boa parte da Europa, caminhões são limitados a 89 km/h). O modelo é construído usando o Iveco S Way como base, modelo que foi apresentado ao mercado em julho de 2019.  

 

 A SMET não detalhou quantas unidades do TRE ela deve receber para testes, mas até o momento se sabe que a Nikola / Iveco estão produzindo 5 unidades iniciais do modelo.  


A polêmica da Nikola 


 A Nikola vive certo momento de tensão com o relatório da empresa Hindenburg Research que acusa a empresa de ser falsa e não tem a tecnologia para o desenvolvimento de caminhões a hidrogênio. No relatório, a Hindenburg também menciona que o vídeo de 2017 no qual a Nikola demostrou um de seus caminhões em funcionamento, mas segundo o que foi descoberto pela Hindenburg e que o caminhão foi rebocado até o alto de uma colina e desceu pela força da gravidade.  


 Já na manhã desta segunda feira (21) a Nikola em comunicado anunciou a renúncia ao cargo de presidente por Trevor Milton, fundador da empresa. No comunicado, a Nikola também anuncia que Miltor será substituído por Stephen Girsky, membro da diretoria da Nikola e ex-vice-presidente da General Motors (GM). 


Texto de Érico Rafael Pimenta 

Midia Truck Brasil com informações de SMET e Estado de Minas 


Postar um comentário

0 Comentários