About Me


Scania Argentina lança segunda edição do “Conductoras”, programa de treinamento para mulheres caminhoneiras



Com o objetivo de reduzir a disparidade de gênero existente no setor de transportes, a empresa sueca concederá bolsas a 12 mulheres de todo o país no âmbito da segunda edição do programa de formação que lhes dará as ferramentas para se tornarem caminhoneiros profissionais 

 

 Atualmente, na Argentina, apenas 0,41% das carteiras de motorista profissionais são emitidas a mulheres. Diante deste cenário, a Scania Argentina, a partir de sua atuação como empresa líder em transporte sustentável, realizará pelo segundo ano consecutivo o programa “Conductoras”, voltado para a formação profissional das mulheres que desejam fazer parte do setor. 

 

 O objetivo do programa, que será lançado na próxima sexta-feira, 13 de novembro em formato virtual, é reduzir o hiato de gênero existente no setor e contribuir para suprir a necessidade de motoristas profissionais que o transporte de cargas hoje possui, dando-lhes uma nova oportunidade de trabalho para mulheres que procuram profissionalismo. 





 No total, 12 mulheres de todo o país receberão a bolsa que a empresa vai oferecer, que inclui curso profissional de motorista, hospedagem, translado e alimentação. O programa fornecerá as ferramentas necessárias para operar com eficiência um veículo de transporte de cargas, bem como prestar um serviço de qualidade, tornando-se motoristas profissionais. Seu desenvolvimento estará focado na condução de veículos articulados, dos quais a Scania é um dos principais comercializadores de marca própria na República Argentina. 

 

 O lançamento será transmitido ao vivo pelo canal da montadora no YouTube, na sexta-feira, 13 de novembro, a partir das 10h (horário local da Argentina), no seguinte link: https://youtu.be/6Ky9NIWr3AM . Até esse dia, onde ficará online a plataforma de inscrições, os interessados podem aceder a www.programamujeresconductoras.com.ar e inscrever-se na lista de espera para receber todas as novidades do programa.  


Postar um comentário

0 Comentários