Hot Widget

Type Here to Get Search Results !

A VOZ DELAS


Logística para o desenvolvimento é tema de fórum internacional que começa nesta quarta em Foz do Iguaçu

Palestra do ministro João Carlos Parkinson de Castro abre a programação do evento, que reúne participantes da Argentina, Brasil, Chile e Paraguai

 Foz do Iguaçu sedia, a partir desta quarta-feira, 11, o Fórum Internacional de Logística Multimodal Sustentável (FILMS), evento inovador na abordagem de múltiplos modais. A abertura acontece às 19h, com a palestra “A importância dos corredores bioceânicos para o continente sul-americano”, a ser proferida pelo ministro João Carlos Parkinson de Castro.

 O fórum tem o patrocínio da Itaipu Binacional e programação no Recanto Cataratas Thermas Resort & Convention. Serão quatro dias de debates, elaboração de soluções e visitas técnicas. Os participantes são investidores, gestores públicos, especialistas, agentes políticos e representantes da sociedade civil organizada da Argentina, Brasil, Chile e Paraguai.

 O evento propõe a logística multimodal como fator de desenvolvimento e geração de oportunidades de novos negócios. Como solução para desafios de transporte, armazenamento e circulação de cargas e de pessoas entre os países da América do Sul, aponta para a criação de um hub internacional na região das Três Fronteiras da Argentina, Brasil e Paraguai.



 “A ideia do fórum é somar esforços para criarmos um hub articulado pelos modais rodoviário, aéreo, hidroviário e ferroviário, unindo a infraestrutura que já temos com as grandes obras e os projetos em andamento”, destaca o coordenador do FILMS, Danilo Vendruscolo. “Basicamente, queremos usar o potencial da região trinacional para o desenvolvimento”, frisa.

Palestra de abertura

Ministro João Carlos Parkinson de Castro, do Ministério das Relações Exteriores - Foto Marcos Labanca

 Encurtar distâncias, conectar os países e fortalecer a condição dos empreendedores e atores locais como protagonistas. Esses são alguns pontos relevantes da implantação de corredores bioceânicos, tema da palestra de abertura do fórum a ser realizada pelo ministro de carreira diplomática João Carlos Parkinson de Castro, do Ministério das Relações Exteriores.

 O diplomata possui graduação em Economia e integrou a delegação do Brasil junto à Organização Mundial do Comércio (Genebra). Seu longo currículo tem entre atividades mais recentes a chefia da delegação em várias instâncias do Cosiplan (Unasul) e grupos de trabalho na área de infraestrutura. Atualmente é coordenador nacional dos corredores bioceânicos rodoviário e ferroviário.



Redução do custo do frete

 A articulação pela criação do Corredor Bioceânico de Capricórnio está entre as principais pautas do Fórum Internacional de Logística Multimodal Sustentável. Essa rota de ligação entre os portos de Paranaguá, no litoral do Paraná, a Antofagasta, no Chile, pode reduzir em 30% o custo dos fretes de produtos brasileiros para países da Ásia e África.

 O corredor entre os oceanos Atlântico e Pacífico, explica Danilo Vendruscolo, já conta com estudos técnicos de viabilidade. O que se prevê é a diminuição em até dez mil quilômetros de distância no envio de cargas por mar. O Corredor Capricórnio é estratégico para conectar, por múltiplos modais, Argentina, Brasil, Chile e Paraguai.

 “Na pandemia, houve um aumento exponencial do custo do frete marítimo, além da escassez de contêineres. Isso encarece a produção e atrasa a entrega dos produtos. Toda a sociedade paga essa conta”, frisa o coordenador do FILMS. “A criação de novos caminhos é vital para manter o abastecimento e conter aumento de preços de mercadorias”, analisa.

Transporte rodoviário

Danilo Vendruscolo, coordenador do FILMS - Foto Marcos Labanca

 Caminhões parados prejudicam os profissionais transportadores, geram prejuízos às empresas, comprometem a qualidade das mercadorias e provocam aumento de preços ao consumidor. Soluções para esses impasses passam pela logística e serão debatidas no fórum internacional em Foz do Iguaçu.

 Medidas como a integração de aduanas e o nivelamento de legislações são algumas possibilidades para tornar mais fluido o transporte internacional de cargas. “Temos problemas comuns a todos os países e, durante o fórum, vamos nos debruçar tecnicamente para encontrar soluções”, pondera Danilo Vendruscolo.

Fórum Internacional de Logística Multimodal Sustentável

Data: 11 a 14 de maio de 2022

Local: Recanto Cataratas Thermas Resort & Convention, Foz do Iguaçu


Programação:

Quarta-feira, 11 de maio

- das 14h às 18h: credenciamento

- 19h: palestra de abertura do ministro João Carlos Parkinson de Castro

Quinta-feira, 12 de maio

- das 8h às 18h30: painéis temáticos:

Painel 1: Terminais e Transbordo. Moderador Márcio Roberto Fernandes (Instituto de Pesquisas Rodoviárias)

Painel 2:  Aerovias. Moderador: João Arthur Mohr (Sistema FIEP)

Painel 3:  Ferrovias. Moderador: André Luís Gonçalves (Ferroeste)

Painel 4:  Portos e Hidrovias. Moderador: João Arthur Mohr (Sistema FIEP)

Painel 5:  Rodovias. Moderador: Danilo Vendruscolo (ACIFI)

Painel 6:  Gestão Coordenada de Fronteiras, Produção e Comércio. Moderador: Ramiro Wahrhaftig (Fundação Araucária)

Sexta-feira, 13 de maio

8h: governança e formação dos grupos permanentes de trabalho

10h15: plenária final com a presença de autoridades internacionais e nacionais

14h: visita técnica às obras da Itaipu Binacional e ao Parque Tecnológico Itaipu (*)

Sábado, 14 de maio

8h: visita técnica ao Biopark, em Toledo (*)

*Obrigatória a inscrição antecipada.

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Please Don't Spam Here. All the Comments are Reviewed by Admin.

Top Post Ad