PubliRandon

Seca na Amazônia faz transporte de cargas por barco ser trocado por caminhões

Diante da grave crise hídrica no Amazonas, a Costa Brasil cria uma nova rota para seus clientes e amplia capacidade do transporte rodoviário para converter a carga do modal marítimo para o terrestre

 A Costa Brasil, já prevendo o anúncio da suspensão da Cabotagem pelos rios do Amazonas, há um mês vem se preparando para atender os seus clientes com alternativas que possam substituir, temporariamente, o modal hidroviário e marítimo enquanto a estiagem permanecer. Para isso, a empresa que é uma integradora multimodal com soluções logísticas pela água, terra e ar, criou uma nova rota e duplicou o tamanho de sua frota rodoviária, além de ampliar o atendimento em seus armazéns e terminais.



 De acordo com o diretor executivo da Costa Brasil, Márcio Salmi, o número de caminhões foi ampliado, dobrando a capacidade da oferta do modal pela operadora logística. “Era importante que encontrássemos uma alternativa eficaz e rápida para os nossos clientes. Com o aumento da demanda pelo rodoviário e a ampliação da frota de caminhões, nossas saídas podem ser diárias entre Manaus/São Paulo (Guarulhos/Santos) e vice-versa”.

 Ainda segundo Salmi, foi criada uma nova rota de navegação hidroviária por um rio que ainda mantém o nível seguro para esse modal de transporte. Soluções “fora da caixa” para não deixar que essa situação se torne uma grave crise econômica para seus clientes e aumente, ainda mais, o desabastecimento na Região Amazônica.

 Com o novo trajeto é possível um transit time de até 10 dias, com caminhões compartilhados entre vários clientes ou com carga de um único cliente, podendo ser transportado todo tipo de mercadoria de consumo da população da região de Manaus e mercadorias produzidas na Zona Franca com destino as regiões Sudeste e Sul do país.

 Outra solução, já oferecida pela Costa Brasil, porém intensificada diante da atual situação, é o serviço de estoque avançado, com pacotes de armazenagem da mercadoria e/ou contêiner nos terminais da empresa até que se restabeleça a navegação.

 A Costa Brasil, que tem por lema soluções logísticas integradas pela água, terra e ar, oferece ainda a opção do transporte aéreo de Manaus para Guarulhos e vice-versa, também com saídas que podem ser diárias.

Presença de Norte a Sul do País

 A Costa Brasil movimenta mercadorias nos portos de Manaus (AM), Pecém (CE), Suape (PE), Salvador (BA), Vitória (ES), Itaguaí (RJ), Santos (SP), Paranaguá (PR), Itajaí (SC) e Rio Grande (RS) e tem abrangência com terminais multimodais estrategicamente localizados em Santos, Cubatão e Guarulhos (SP) e em Itajaí (SC) e Manaus (AM).



 Com operações logísticas de Norte a Sul do país, a Costa Brasil atua há uma década em Manaus/AM, com rotas regulares, entregando os mais variados produtos industriais ou para o atacado e varejo. De Manaus para o Sul e Sudeste, leva principalmente produtos da siderurgia, como perfis metálicos, chapas, bobinas, além de pisos, azulejos e vários outros.

 No Amazonas, a Costa Brasil atende a varejistas como a rede Bemol, uma das maiores do setor na região Norte, entregando de brinquedos a utensílios domésticos. Ela opera com cargas semanais por Cabotagem, nos serviços: contêiner full e carga fracionada ou consolidada.

OTM one stop shop

 A Costa Brasil é uma OTM one stop shop, que oferece soluções logísticas completas para o cliente em um só lugar. Líder em carga fracionada pela cabotagem e referência em logística de produtos de siderurgia, tem dez anos de experiência, com expertise na melhor relação entre rota, custo e tempo.

 As atividades incluem, além dos transportes terrestre, marítimo e aéreo, os serviços de armazenagem, terminais intermodais, recebimento de carga, unitização, consolidação, movimentação e entrega ao destinatário final.


Postagem Anterior Próxima Postagem