About Me


Volvo CE estende campanha de adesão ao ActiveCare Direct™ durante pandemia


A Volvo Construction Equipment está estendendo o prazo da campanha de adesão ao ActiveCare Direct, a solução de monitoramento proativo da frota de máquinas da marca. A medida vale até 31 de dezembro deste ano e foi tomada para se adequar ao período da pandemia do Coronavírus, que trouxe dificuldades para toda a economia. 

 “O ACD contribui para aumentar a rentabilidade dos negócios de nossos clientes. É um sistema muito importante, principalmente agora, durante o difícil período pelo qual passam as empresas, e em que o controle de custos se mostra ainda mais relevante”, declara Samuel Albuquerque, gerente de marketing e venda de peças da Volvo CE Latin America. “É uma ferramenta que ajuda a evitar gastos desnecessários com eventuais falhas e quebras futuras de máquinas e a diminuir o consumo de combustível, entre muitos outros benefícios”, complementa o executivo. 




 Os clientes que adquirirem equipamentos Volvo de maior porte até o fim do ano não terão custos de assinatura se ativarem o ACD. O serviço de monitoramento é gratuito por 12 meses a partir da data da ativação. O ACD usa informações obtidas por meio do sistema de telemática CareTrack™ da Volvo CE. Com estes dados, os engenheiros e técnicos da marca e da rede de distribuidores informam os gestores das frotas de máquinas para que possam atingir o melhor desempenho possível no trabalho no campo. 

Mais economia e desempenho 

 Os números oficiais da Volvo mostram excelentes resultados: utilizando esta tecnologia, os clientes podem alcançar até 15% de economia de combustível, melhorar em até 10% a utilização do equipamento e reduzir em até 7% o tempo de marcha lenta da máquina.“É uma performance atingida principalmente por meio da economia projetada com a prevenção de falhas e com a diminuição do consumo de diesel”, informa Leonardo Zaia, responsável comercial por esta ferramenta. 

 “Queremos estimular a adoção desse serviço, justamente num momento em que melhorar a produtividade e o fluxo de caixa e reduzir os gastos são fundamentais para se manter um bom desempenho financeiro do negócio”, destaca Zaia. 

 O ACD revela muitas situações que podem ser melhoradas ou evitadas durante a operação das máquinas: o uso excessivo da marcha lenta, deslocamento do equipamento em velocidade acima da recomendada, alta rotação do motor, escolha equivocada do modo de trabalho, desligamento em alta RPM e eventuais riscos de falhas. “É possível encontrar muitas oportunidades de melhoria, inclusive com o treinamento dos operadores”, observa Zaia. 

 “É muito importante os clientes serem proativos em qualquer circunstância, mas principalmente agora, numa época de baixa atividade produtiva e comercial”, observa Albuquerque, acrescentando que o sistema é uma excelente ferramenta para prever e cortar custos desnecessários e aumentar a disponibilidade do equipamento, evitando paradas não planejadas. 

Monitoramento remoto 

 No ACD, tudo funciona de forma remota. Os usuários podem acompanhar o funcionamento, a integridade e o desempenho da máquina. Os relatórios indicam possibilidades para aumentar a produtividade e diminuir os custos operacionais. Alertam, por exemplo, sobre a necessidade de troca de alguma peça ou sobre algum problema recorrente, garantindo maior previsibilidade na manutenção. Assim, o cliente toma ações preventivas que evitem a quebra de componentes mais caros e o desembolso de um valor maior, o que normalmente ocorre em intervenções corretivas. 

 Os relatórios também permitem visualizar o percentual de utilização da máquina trabalhando em relação ao tempo ocioso, seja para a frota inteira ou somente para um equipamento, separando por modelo, tipo e aplicação. O sistema ainda gera e-mails para o distribuidor Volvo, orientando sobre o passo a passo para a solução dos problemas identificados via códigos de falha. 



Postar um comentário

0 Comentários