About Me


Ecobonuz chega ao transporte público de Belo Horizonte para transportar a experiência dos usuários



Programa de fidelidade é aposta do Transfácil para fortalecer o relacionamento com o cliente e incentivar comportamentos que trarão mais eficiência e segurança às viagens 

 Uma parceria entre o Consórcio Operacional do Transporte Coletivo de Passageiros por Ônibus do Município de Belo Horizonte (Transfácil) e a Ecobonuz levará ao transporte coletivo público da capital mineira o programa de fidelidade que já distribuiu mais de 80 milhões de pontos para usuários de ônibus no país. A solução foi anunciada oficialmente ontem (12) e já começa a receber os primeiros cadastros.  Mais do que uma estratégia de relacionamento, a plataforma será uma importante aliada na gestão do negócio, levando mais eficiência e segurança às viagens. 

 A proposta pioneira, que já foi implantada por mais de 50 empresas de transporte coletivo e rodoviário do país, tem o objetivo de transformar o relacionamento do usuário com o setor. Ao se cadastrar nos canais oficiais do programa – site ou pelo aplicativo Ecobonuz (disponível, gratuitamente, para plataformas Android e iOS) –, o cliente ingressa em uma espécie de game, recebendo desafios personalizados periodicamente. A cada desafio cumprido, a pessoa recebe EBZs (moeda virtual), que podem ser trocadas por benefícios diversos, como: recarga de celular ou passagens, pagamento de contas (água, luz, telefone) e vale-presentes de mais de 300 marcas do e-commerce. Entre elas, Ali Express, Amazon, Americanas, Carrefour, McDonald’s, Spotify e C&A. 




 Mas, os benefícios oferecidos pela Ecobonuz vão além da experiência individual e agregam valor ao transporte público de forma ampla. A startup mineira conta com uma equipe dedicada à gestão de big data (inteligência de dados), que transforma o comportamento do usuário em informações estratégicas, fundamentais para o aprimoramento do serviço e das políticas públicas de mobilidade urbana. Esse foi um dos diferenciais que fundamentaram a parceria com o Transfácil. 

 O Consórcio tem se dedicado nos últimos anos ao processo de modernização e mudança de pensamento do setor, investindo em soluções que transformem a relação do usuário com o transporte coletivo. “Nós queremos estar cada vez mais próximos de nossos clientes e oferecer a eles uma experiência positiva durante toda a sua jornada no transporte público. Sem dúvida, a Ecobonuz será uma importante aliada nesse processo, pois o usuário tem liberdade e boas opções para trocar seus pontos e, assim, apoiar a gestão de seu orçamento doméstico”, avalia o presidente do TransfácilRalison Guimarães. 

 O executivo destaca que a implantação da solução nesse momento de retomada das atividades pode trazer ainda mais segurança e eficiência para o serviço. “A nossa parceria foi firmada antes da chegada da pandemia, mas era preciso entender os desdobramentos do cenário para fazer a implantação total. Nos preocupamos com o bem-estar e a segurança das pessoas e acreditamos que com o lançamento da Ecobonuz conseguiremos incentivar alguns comportamentos que contribuem para a prevenção da disseminação da Covid-19 e para a agilidade dos trajetos, como o uso do cartão BHBUS e o estímulo às viagens fora do horário de pico, já que há uma maior flexibilidade por parte das empresas”, afirma Guimarães. 

 A chegada da Ecobonuz ao sistema de transporte público da capital foi articulada diretamente pela BHTrans, que conheceu a solução em seminário técnico nacional e por meio de publicações especializadas. “Estas medidas são muito aderentes às políticas públicas municipais de atrair e aumentar o número de usuários no transporte coletivo. Nós incentivamos esse tipo de solução que tem aplicação simples e agrega benefícios aos usuários, sem trazer ônus financeiros para o serviço de transporte”, afirma Celio Freitas Bouzada, presidente da BHTrans, destacando que a implantação do programa passou pela análise e aprovação prévia do órgão gestor municipal. 

 Bouzada acredita que o programa de relacionamento está alinhado com o desenvolvimento da mobilidade urbana na capital, que visa garantir a qualidade do serviço e a consequente fidelização dos passageiros. “Precisamos de soluções criativas, que façam a diferença na tomada de decisão sobre os meios de deslocamentos e que, principalmente, traga confiabilidade nos serviços oferecidos. O retorno dos usuários ao transporte coletivo passa por novas parcerias, quebras de paradigmas, conforto, informação, novos modelos operacionais na prestação dos serviços e facilidade no uso, para que os usuários sintam que essa modalidade é uma opção para suas demandas diárias. É preciso inovar e reestabelecer um novo modelo de transporte.”, avalia. 

Solução que dá resultado 

 Em dois anos, a mineira Ecobonuz segue em ritmo de expansão por todo país. Atualmente, a solução está presente em linhas do transporte coletivo urbano e rodoviário de mais de 50 cidades mineiras e em outras dos estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Pernambuco. 

 Para Túlio Lessa, Co-fundador da empresa, a consolidação nacional da iniciativa está alinhada ao momento de reinvenção do setor. “O setor de transporte público vive um momento desafiador e é preciso apostar em soluções que tragam uma nova lógica de valor ao usuário, mostrando a ele que estamos comprometidos com a transformação de sua experiência. A Ecobonuz funciona como uma ponte que conecta os interesses de empresas e de seus clientes, contribuindo para a construção de um relacionamento de mão dupla”, analisa. 

Túlio Lessa, Co-fundador da EcoBonuz. Divulgação EcoBonuz
 Segundo Túlio, um dos diferenciais do modelo de negócio da Ecobonuz é a possibilidade de combinar a expertise de uma solução completa e especializada com o retorno do investimento. “Nós contamos com um time de experts que estão dedicados em tempo integral à análise de dados e ao desenho de estratégias que incentivem o engajamento do usuário nos desafios. Assim, o investimento das empresas na viabilização dos benefícios é mais eficiente e está condicionado ao alcance da meta, ou seja, a real mudança de comportamento do cliente”, explica.   

Saiba mais sobre a solução no site: ecobonuz.com 


Postar um comentário

0 Comentários